Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Óbitos de mulheres em idade fértil em Aracaju (SE): estratégias para melhorar a qualidade da informaçäo (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BOHLAND, ANNA KLARA - FSP
  • USP Schools: FSP
  • Sigla do Departamento: HEP
  • Subjects: MORTALIDADE MATERNA; SISTEMAS DE INFORMAÇÃO; MULHERES; COEFICIENTE DE MORTALIDADE; CAUSA DA MORTE
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivo. Descrever óbitos de mulheres de 10 a 49 anos (MIF), residentes em Aracaju (SE), entre 1979 e 2001, enfatizando a melhora da informaçäo sobre mortes maternas. Métodos. Desenvolvido em 3 fases: a primeira descritiva (1979-2001)e aplicando 2 fatores de correçäo para a Razäo de Mortalidade Materna - RMM. Na segunda (2001)realizou-se inquérito simplificado (hospitais, instituto médico legal, unidade de saúde e domicílios). A terceira (2001)utilizando Sistemas de Informaçäo em Saúde (Sistema de Informaçäo de Mortalidade - SIM, Sistema de Informaçäo sobre Nascidos Vivos - SINASC, Sistema de Informaçäo da Atençäo Básica - SIAB e Sistema de Informações Hospitalares - SIH)para melhorar a informaçäo. Resultados. Os óbitos (4299 de 1979-2001)apresentaram tendência de queda. Principais causas: circulatórias (23,3 por cento), neoplasias (19,8 por cento)e causas externas (19,1 por cento). A tendência da RMM é de queda, verificando-se ampla variabilidade entre a curva observada e a estimada pelo maior dos fatores de correçäo aplicados. Nas fases subseqüentes, os óbitos de MIF foram provenientes de casos do SIM (196 casos, sendo 7 com presença de gravidez até um ano antes do óbito), SIAB e SIH totalizando 216 casos. Na segunda foi elaborado o PADRÃO-OURO (177 entrevistas, 13 exclusões/ 26 perdas). Houve mudança no perfil de mortalidade das MIF. Na terceira fase (204 casos, 12 exclusões)as DOs foram complementadas (SIAB, SIH, SINASC e SIM). Quanto à causa básica asalterações näo se mostram satisfatórias. Quanto à presença de gravidez até um ano antes do óbito, a soma das fases 2 e 3 resultou em 13 casos, 7 maternos (RMM: 70,8/100.000 NVs). Conclusões: os SIS melhoraram a quantidade das informações de óbitos MIF e os relativos à gravidez. O inquérito complementou a fase 3 e melhorou a qualidade das informações. A metodologia é factível, tornando as informações mais fidedignas (AU)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.08.2003

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FSP11800030169614.5992 182
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BOHLAND, Anna Klara; MELLO JORGE, Maria Helena Prado de. Óbitos de mulheres em idade fértil em Aracaju (SE): estratégias para melhorar a qualidade da informaçäo. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Bohland, A. K., & Mello Jorge, M. H. P. de. (2003). Óbitos de mulheres em idade fértil em Aracaju (SE): estratégias para melhorar a qualidade da informaçäo. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Bohland AK, Mello Jorge MHP de. Óbitos de mulheres em idade fértil em Aracaju (SE): estratégias para melhorar a qualidade da informaçäo. 2003 ;
    • Vancouver

      Bohland AK, Mello Jorge MHP de. Óbitos de mulheres em idade fértil em Aracaju (SE): estratégias para melhorar a qualidade da informaçäo. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: