Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Resistência à fratura dos instrumentos endodônticos acionados mecanicamente, quando da utilização de diferentes técnicas de preparo de canais radiculares (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CARVALHO, VALERIO BARROS - FORP
  • USP Schools: FORP
  • Sigla do Departamento: 804
  • Subjects: CANAL RADICULAR; FRATURAS; INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA ODONTOLÓGICA
  • Language: Português
  • Abstract: Várias são às técnicas e instrumentos propostos para o preparo do canal radicular, visando à forma, limpeza e desinfecção. Nos últimos anos surgiram, aparelhos ou dispositivos que movimentam os instrumentos endodônticos, visando a facilitar e abreviar a fase de dilatação do canal radicular. Entretanto, uma condição que ainda limita a utilização da técnica mecanizada mesmo com os instrumentos de níquel-titânio está na probabilidade de fraturá-los; provavelmente causada pelo desconhecimento do profissional das suas propriedades torcionais e de deflexão angular, das ligas que os compõe, como também na escolha de uma técnica adequada que possa diminuir esta ocorrência. Este estudo tem como objetivo analisar as propriedades torcionais (torque e deflexão angular) dos instrumentos endodônticos de uma determinada marca, utilizados com diferentes técnicas de instrumentação. Para este experimento, foram utilizados blocos de resina Endo-Training-Bloc Dentsply-Mallefer(r) (Ballaigues-Suíça) e instrumentos do sistema K³ Sybroendo(r) (Merida - México). Os blocos e os instrumentos foram divididos em dois grupos distintos: No grupo A utilizou-se à técnica "Crown Down Presureless Techinique" (Leona e Leonardo, 2002) para o preparo dos canais e B, a técnica "Free Tip Preparation" (Pécora et al, 2003). Após o uso, os instrumentos foram levados ao teste de torque e deflexão angular, na Máquina Instron (Instron Corporation, modelo 4444), seus valores registrados, esubmetidos à análise estatística que apontou não haver diferença significante, entre eles em relação ao torque, em quanto que, para o teste de deflexão angular, houve diferença estatisticamente significante em favor da técnica "Free Tip Preparation"
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.12.2003

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FORP11700006269Carvalho, Valrio Barros
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARVALHO, Valério Barros; VANSAN, Luiz Pascoal. Resistência à fratura dos instrumentos endodônticos acionados mecanicamente, quando da utilização de diferentes técnicas de preparo de canais radiculares. 2003.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2003.
    • APA

      Carvalho, V. B., & Vansan, L. P. (2003). Resistência à fratura dos instrumentos endodônticos acionados mecanicamente, quando da utilização de diferentes técnicas de preparo de canais radiculares. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Carvalho VB, Vansan LP. Resistência à fratura dos instrumentos endodônticos acionados mecanicamente, quando da utilização de diferentes técnicas de preparo de canais radiculares. 2003 ;
    • Vancouver

      Carvalho VB, Vansan LP. Resistência à fratura dos instrumentos endodônticos acionados mecanicamente, quando da utilização de diferentes técnicas de preparo de canais radiculares. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: