Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

O efeito da fragmentação sobre a comunidade de mamíferos nas matas do planalto ocidental, São Paulo, Brasil (2004)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BASSI, CLARICE - IB
  • USP Schools: IB
  • Sigla do Departamento: BIE
  • Subjects: MAMÍFEROS; ECOLOGIA ANIMAL
  • Language: Português
  • Abstract: Fragmentos florestais sob o domínio da Mata Atlântica que resistiram por décadas à devastação ainda vem sofrendo um processo de fragmentação, tornando-os cada vez mais reduzidos e isolados. E as conseqüências dessa fragmentação refletem na riqueza de espécies que pode ser encontrada nesses fragmentos de mata. Segundo as predições da teoria da biogeografia de ilhas, pode-se verificar a existência de uma relação espécie-área numa paisagem fragmentada baseado nessa teoria. Analisando o número de espécies de mamíferos terrestres de médio e grande porte, em vinte e quatro áreas de matas de diversos tamanhos, constatou-se uma inexistência de relação entre a riqueza de espécies e as variáveis área e grau de isolamento que, sob as predições da teoria de biogeografia de ilha e de efeito resgate, deveriam afetá-la. Algumas hipóteses foram abordadas para explicar tais resultados, dentre elas citamos o histórico de pertubação, o efeito da matriz de hábitat, o tamanho das áreas e o tempo para se estabelecer um equilíbrio nas taxas de colonização e extinção. No entanto, para compreender a relação área-espécie conclui-se que é necessário considerar outros aspectos além do tamanho da área e grau de isolamento que estejam afetando a riqueza de espécie nas "ilhas" de mata como, por exemplo, os aspectos comportamentais das espécies que estão relacionados com a capacidade de dispersão dos indivíduos e recolonização de outras áreas, a estrutura da paisagem que pode restringir a dispersãodos indivíduos pela paisagem e o histórico das ações antrópicas sobre a área. A probabilidade de ocorrência, também chamada como função de incidência, de uma determinada espécie num local pode ser dependente da área, do número de espécies ou de alguns atributos do local. O estudo da função de incidência auxilia a construir modelos preditivos com a finalidade de prever alguns aspectos da estrutura da paisagem que possibilite uma probabilidade aceitável de ocorrência das espécies, evitando a extinção local e/ou regional das mesmas a médio e longo prazo. Considerando a possibilidade de futuros trabalhos de modelagem, pretendeu-se verificar uma possível relação entre as características dos fragmentos florestais como: o tamanho, a distância, a conectividade e a probabilidade de incidência das espécies em vinte e quatro áreas de mata. Os resultados obtidos demonstram que poucas espécies de mamíferos foram usceptíveis aos efeitos das variáveis analisadas e considerou-se a possibilidade das características bionômicas, as peculiaridades de cada espécies, explicarem a presença ou ausência nos fragmentos florestais. Para a maioria das espécies, os aspectos como o tamanho da área, a distância entre os frgamentos florestais e a conectividade não tiveram uma influência forte sobre a sua incidência nas áreas de mata. Em relação às análises de similaridade das comunidades de mamíferos entre áreas próximas, não foi possível estabelecer umasimilaridade que possa ser explicada pela proximidade das áreas. Sugere-se que uma combinação de fatores como: aspectos comportamentais, pressão de caça, efeito de borda parecem estar influenciando a composição das comunidades de mamíferos nas áreas de mata
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.02.2004

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IB12000021710M-1148
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BASSI, Clarice; VALLADARES-PÁDUA, Cláudio Benedito. O efeito da fragmentação sobre a comunidade de mamíferos nas matas do planalto ocidental, São Paulo, Brasil. 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.
    • APA

      Bassi, C., & Valladares-Pádua, C. B. (2004). O efeito da fragmentação sobre a comunidade de mamíferos nas matas do planalto ocidental, São Paulo, Brasil. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Bassi C, Valladares-Pádua CB. O efeito da fragmentação sobre a comunidade de mamíferos nas matas do planalto ocidental, São Paulo, Brasil. 2004 ;
    • Vancouver

      Bassi C, Valladares-Pádua CB. O efeito da fragmentação sobre a comunidade de mamíferos nas matas do planalto ocidental, São Paulo, Brasil. 2004 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: