Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Dinâmica populacional e mapeamento participativo do uso dos recursos naturais feito pelos moradores do Parque Nacional do Jaú, AM (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PINHEIRO, MARCOS ROBERTO - PROCAM
  • USP Schools: PROCAM
  • Subjects: RECURSOS NATURAIS (CONSERVAÇÃO;PROTEÇÃO); RESERVAS NATURAIS; DINÂMICA DE COMUNIDADES
  • Language: Português
  • Abstract: A presença humana em áreas de proteção integral como Parques Nacionais, talvez constitua um dos temas mais polêmicos de conservação na região tropical. Existem poucos dados sobre a dinâmica demográfica humana e o uso dos recursos naturais em unidades de conservação já que estas populações sempre foram marginalizadas e o enfoque dado sempre foi à resolução fundiária e à remoção da população. Este estudo apresenta uma análise da demografia e da apropriação dos recursos naturais da população residente ao longo dos rios que delimitam o Parque Nacional do Jaú (PNJ). A partir de dados acumulados em censos realizados entre 1992 a 2001. A população atual do PNJ é composta por 920 pessoas, 183 famílias, distribuídas em 14 comunidades e 21 localidades. No rio Unini são encontradas as maiores densidades demográficas enquanto que no rio Jaú, os agrupamentos são menos numerosos e mais modestos. No período amostrado, a população do PNJ diminuiu (-6%), apesar do aumento do número de famílias, envelheceu e o número de filhos por família diminuiu. No rio Jaú, houve uma queda brutal no número de famílias, manutenção no número de filhos por família, envelhecimento e uma baixa capacidade de expansão da população. No rio Unini, o número de filhos por família diminuiu, o envelhecimento da população é menor que no rio Jaú e a capacidade de expansão manteve-se estável. A estrutura etária da população do PNJ passou de uma condição progressiva em 1992 para estacionária em 2001. Aanálise migratória mostrou que a população possui o comportamento de sair de suas localidades, do interior dos igarapés e do alto dos rios, para formar agrupamentos sociais chamados comunidades. O aumento de capacidade de barganha com as instituições políticas regionais e a pressão do IBAMA na repressão sobre o uso de recursos parecem exercer uma forte influência na dinâmica da população residente do PNJ. Também foi observado diferenças na apropriação dos recursos naturais. No rio Unini os grupos domésticos praticam mais o extrativismo animal, principalmente pesca comercial, captura de quelônios e caça, e possuem uma maior área de proteção, quando comparados as declarações do rio Jaú. Sugestões são feitas para o manejo do PNJ em relação à proteção dos recursos naturais respeitando os direitos dos moradores estabelecidos na atual legislação ambiental
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.10.2003

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IGC30900015016T P654 MR.d e.2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PINHEIRO, Marcos Roberto; MACEDO, Arlei Benedito. Dinâmica populacional e mapeamento participativo do uso dos recursos naturais feito pelos moradores do Parque Nacional do Jaú, AM. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Pinheiro, M. R., & Macedo, A. B. (2003). Dinâmica populacional e mapeamento participativo do uso dos recursos naturais feito pelos moradores do Parque Nacional do Jaú, AM. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Pinheiro MR, Macedo AB. Dinâmica populacional e mapeamento participativo do uso dos recursos naturais feito pelos moradores do Parque Nacional do Jaú, AM. 2003 ;
    • Vancouver

      Pinheiro MR, Macedo AB. Dinâmica populacional e mapeamento participativo do uso dos recursos naturais feito pelos moradores do Parque Nacional do Jaú, AM. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: