Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Análise de fatores hormonais e fatores mediadores da inflamação em mulheres portadoras de endometriose pélvica (2004)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: LIMA, ANDREA PEREIRA DE - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RFI
  • Subjects: DOENÇAS UTERINAS; HORMÔNIOS (INFLUÊNCIAS); FISIOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivos. Este trabalho teve como objetivos a avaliação das concentrações de FSH, LH, estradiol, progesterona, cortisol, prolactina, CEA, histamina e óxido nítrico, no soro, no fluido peritoneal e no fluido folicular de mulheres com e sem endometriose pélvica. Casuística e Métodos. Foram selecionadas mulheres atendidas na Clínica Ginecológica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo. Para a coleta do soro e do fluido peritoneal, foram selecionadas 49 mulheres submetidas à. laparoscopia diagnóstica e/ou cirúrgica, sendo 21 mulheres normais e 28 mulheres inférteis com endometriose. Para a coleta de fluido folicular foram selecionadas 39 pacientes submetidas à fertilização in vitro, sendo 18 mulheres inférteis sem endometriose e 21 mulheres inférteis com endometriose. A endometriose foi estadiada de acordo com a classificação da. American Society for Reproductive Medicine (1996). Resultados e conclusões. Mulheres inférteis com endometriose apresentaram concentração reduzida de gonadotrofinas, estradiol e progesterona no fluido peritoneal. Além disso, mulheres inférteis com endometriose apresentaram concentração reduzida de estradiol no folículo, o que indica que mulheres com endometriose podem ter esteroidogênese folicular prejudicada. As concentrações séricas de cortisol e prolactina foram significativamente maiores em mulheres inférteis com endometriose em relação a mulheres normais, o que constituiforte indício de uma associação entre a endometriose e o estresse. Mulheres inférteis com endometriose leve e endometriose moderada-severa apresentaram concentração elevada de CEA no fluido folicular, em relação a mulheres inférteis sem a doença. Os altos índices de CEA no folículo de mulheres com endometriose podem ser, em parte, responsáveis pela esteroidogênese alterada destes folículos. Além disso, mulheres com endometriose apresentam concentração ... mais baixa de histamina no fluido peritoneal e no fluido follicular, o que pode causar distúrbios ovulatórios, problemas freqüentemente associados à endometriose. Não observamos variação significativa da concentração de óxido nítrico no soro, no fluido peritoneal e no fluido folicular entre mulheres com endometriose e mulheres sem a doença
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.01.2004

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200058970Lima, Andréa Pereira de
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LIMA, Andrea Pereira de; ROSA E SILVA, Alzira Amélia Martins. Análise de fatores hormonais e fatores mediadores da inflamação em mulheres portadoras de endometriose pélvica. 2004.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2004.
    • APA

      Lima, A. P. de, & Rosa e Silva, A. A. M. (2004). Análise de fatores hormonais e fatores mediadores da inflamação em mulheres portadoras de endometriose pélvica. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Lima AP de, Rosa e Silva AAM. Análise de fatores hormonais e fatores mediadores da inflamação em mulheres portadoras de endometriose pélvica. 2004 ;
    • Vancouver

      Lima AP de, Rosa e Silva AAM. Análise de fatores hormonais e fatores mediadores da inflamação em mulheres portadoras de endometriose pélvica. 2004 ;