Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Análise morfométrica da população de células neuroendócrinas do cólon descendente de ratos recém-nascidos e adultos submetidos à pinealectomia (2004)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SILVA, JULIO CESAR FERNANDES DA - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RPA
  • Subjects: PROLIFERAÇÃO CELULAR; PATOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: A glândula pineal é a principal fonte de melatonina no sistema nervoso e produz essa substância mediante privação de estímulos luminosos e, portanto, é responsável pela elevação da concentração sérica da substância durante a noite. As células enterocromafins do trato gastrointestinal são a principal fonte de melatonina extra pineal e respondem pelos níveis séricos diurnos da substância. Com a identificação de uma variedade de células capazes de produzir aminas bioativas e peptídeos com função hormonal dispersas pelo organismo surgiu o conceito de sistema neuroendócrino difuso, no qual a melatonina têm importância fundamental. O presente estudo teve por objetivo avaliar os efeitos da pinealectomia em ratos sobre a população de células neuroendócrinas do cólon descendente. Um grupo de sete ratos recém-nascidos foi pinealectomizado ao nascimento enquanto outro grupo de sete ratos recém-nascidos foi submetido à cirurgia simulada. Ambos foram sacrificados após 15 dias para coleta de amostras do cólon descendente. Similarmente, sete animais adultos pesando cerca de 150g foram submetidos à pinealectomia enquanto outro grupo similar foi submetido à cirurgia simulada. Os animais adultos foram sacrificados 90 dias após o procedimento cirúrgico para coleta de amostra do cólon descendente. As amostras obtidas foram submetidas à preparação histológica pelo método de Churukian-Schenk e analisadas por meio de microscopia de luz. O método de Churukina-Schenk é eficaz paraidentificação das células argirófilas, dentre as quais encontram-se também as células enterocromafins. Para cada rato, contou-se o número de células evidenciadas por esse método em 100 criptas do cólon cortadas longitudinalmente. Os resultados evidenciaram que não houve alteração a população de células argirófilas nos ratos recém-nascidos em decorrência da pinealectomia. O fato da glândula pineal nos ratos sintetizar melatonina somente após o décimo ... sétimo dia de vida elucida essa constatação. Nos ratos adultos observou-se que houve aumento estatisticamente significativo no número de células argirófilas do colón descendente no grupo de Jatos submetidos à pinealectomia em relação ao grupo submetido à cirurgia simulada. Esse resultado pode ser entendido no contexto de um sistema neuroendócrino difuso, no momento em que a subtração de uma importante fonte de melatonina do organismo promoveu hiperplasia em outras células do sistema neuroendócrino fortalecendo a hipótese de um sistema integrado cujos componentes relacionam-se funcionalmente
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.03.2004

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200029721Silva, Jlio Csar Fernandes
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Júlio César Fernandes da; GARCIA, Sérgio Britto. Análise morfométrica da população de células neuroendócrinas do cólon descendente de ratos recém-nascidos e adultos submetidos à pinealectomia. 2004.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2004.
    • APA

      Silva, J. C. F. da, & Garcia, S. B. (2004). Análise morfométrica da população de células neuroendócrinas do cólon descendente de ratos recém-nascidos e adultos submetidos à pinealectomia. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Silva JCF da, Garcia SB. Análise morfométrica da população de células neuroendócrinas do cólon descendente de ratos recém-nascidos e adultos submetidos à pinealectomia. 2004 ;
    • Vancouver

      Silva JCF da, Garcia SB. Análise morfométrica da população de células neuroendócrinas do cólon descendente de ratos recém-nascidos e adultos submetidos à pinealectomia. 2004 ;