Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Respostas celulares ao estresse genotóxico induzido pela radiação ionizante e pelo quimioterápico temozolomida em linhagem astrocítica U343 MG-a (2004)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BASSI, CARMEN LUCIA - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RGE
  • Subjects: MUTAGÊNESE; GENÉTICA
  • Language: Português
  • Abstract: Os agentes químicos ou físicos usados nas terapias anticâncer ativam vias de sinalização celular que conduzem ao bloqueio ou retardo no ciclo celular, ativação de mecanismos de reparo do DNA e apoptose. Tais mecanismos não são bem elucidados nos diferentes tipos celulares, quer sejam células normais, transformadas ou tumorais. Neste trabalho, foram avaliadas as respostas celulares apresentadas pela linhagem astrocítica U343 MG-a em resposta a diferentes doses de radiação ionizante (0,5, 1 e 2 Gy) e duas concentrações de temozolomida (5 e 10 µM), um agente antitumoral utilizado no tratamento dos gliomas. Para a avaliação dessas respostas (em ambas as situações experimentais) foram utilizados vários parâmetros: eficiência de clonagem, cinética do ciclo celular, apoptose, indução de aberrações cromossômicas (esta última, somente para temozolomida) e estudos de expressão gênica em larga escala por cDNA microarrays. A irradiação das células com os raios-'gama' (0,25 a 2 Gy) reduziu significativamente a capacidade proliferativa das células U343 MG-a, conforme os resultados obtidos pelos ensaios de eficiência clonogênica. As células responderam ao dano induzido pelas doses de 1 e 2 Gy (níveis moderados de exposição) com um bloqueio na fase G2 do ciclo celular, que iniciou no tempo de 6 h após o tratamento e do qual as células se recuperaram gradativamente nas horas seguintes. Para essas mesmas doses, não houve aumento significativo de células apoptóticas. Os dados deexpressão gênica em larga escala, obtidos 6 h após o tratamento com 1 Gy, mostraram a expressão diferencial de genes envolvidos com a via Rho/p38MAPK (HSPB1, HSPB2, HSPA9B, SPRY2, PIPK5, AKAP13, RUVBL2, TP53) a qual pode ser correlacionada com inibição de apoptose, controle do ciclo celular e reparo do DNA. Foram diferencialmente expressos dois genes envolvidos com o checkpoint em G2 (CHES1, BRCA1), bem como genes participantes nos mecanismos de ... reparo do DNA, tais como BRCA1, H2AX, FANCG, RAD52, NBS1, ERCC4 e RUVBL2, indicando que a célula ativou preferencialmente,e mecanismos relacionados à sobrevivência celular em resposta ao dano moderado produzido pela dose de 1 Gy de radiação-'gama'. Quanto aos experimentos realizados com a temozolomida, verificou-se que a droga causou uma redução significativa na eficiência clonogênica da linhagem U343 MG-a. Nas mesmas condições em resposta ao tratamento com a TMZ, houve um aumento de cerca de duas vezes nas freqüências de aberrações cromossômicas em culturas colhidas no tempo de 48 h após o tratamento com 10 µM da droga. Neste mesmo período, as células U343 MG-a apresentaram um bloqueio na fase S do qual foram liberadas 72 horas após o tratamento. Não houve indução de apoptose até 72 h após o tratamento. Entre os genes induzidos em resposta ao tratamento com 10 µM estão alguns relacionados com a via MAPK/JNK/c-jun (BLZF1, MAPK8IP, MAP3K10 e MAP3K6), uma das vias MAPK ativadas em resposta aoestresse genotóxico. Genes controlando o ciclo celular também foram diferencialmente expressos, tais como ATM, CCNG2, FRAP1, HPB1, HPN e NIRF. Além disso, alguns genes envolvidos no reparo do DNA foram ativados (LIG-3, FEN-1 e RECQL4), indicando que as lesões produzidas pela droga podem ser susceptíveis à maquinaria de reparação do DNA
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.04.2004

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200028456Bassi, Carmen Lucia
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BASSI, Carmen Lucia; SAKAMOTO-HOJO, Elza Tiemi. Respostas celulares ao estresse genotóxico induzido pela radiação ionizante e pelo quimioterápico temozolomida em linhagem astrocítica U343 MG-a. 2004.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2004.
    • APA

      Bassi, C. L., & Sakamoto-Hojo, E. T. (2004). Respostas celulares ao estresse genotóxico induzido pela radiação ionizante e pelo quimioterápico temozolomida em linhagem astrocítica U343 MG-a. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Bassi CL, Sakamoto-Hojo ET. Respostas celulares ao estresse genotóxico induzido pela radiação ionizante e pelo quimioterápico temozolomida em linhagem astrocítica U343 MG-a. 2004 ;
    • Vancouver

      Bassi CL, Sakamoto-Hojo ET. Respostas celulares ao estresse genotóxico induzido pela radiação ionizante e pelo quimioterápico temozolomida em linhagem astrocítica U343 MG-a. 2004 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: