Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Expressão da proteína Fos em estruturas de cérebro de camundongos após catalepsia induzida por L-NOARG, Haloperidol e Fentanil (2004)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CAVALCANTI, ANDRESSA POLLO BARION - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RNP
  • Subjects: FARMACOLOGIA EXPERIMENTAL; NEUROLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivos: O objetivo do estudo foi investigar a influência do Óxido Nitrito (NO) sobre atividade motora mediada no sistema nervos central. Analisamos a ativação funcional de estruturas do circuito nigroestriatal por meio da expressão da proteína Fos após indução de catalepsia por L-NOARG, haloperidol e fentanil. A presença de neurônios NOS positivos foi analisada por meio da histoquímica da atividade NADPH-diaforase. Métodos: Camundongos Suíços albinos machos (25-30g), do Biotério Central do Campus de Ribeirão Preto, USP receberam aplicação i.p. de: L-NOARG (40mg/Kg) ou salina (0,9%); haloperidol (2mg/Kg) ou salina; fentanil (0,5mg/Kg) ou salina. A catalepsia foi medida uma hora após a aplicação. Um quarto grupo recebeu L-NOARG ou salina, 2 vezes ao dia, por 4 dias, sendo catalepsia avaliada também após a última aplicação. Os animais foram sacrificados duas horas após a aplicação da droga para imunocitoquimica da proteína Fos e histoquímica para NADPH-d. Para análise dos resultados foi utilizado teste "t" independente, p<0,05. Resultados: animais apresentaram catalepsia com L-NOARG, haloperidol e fentanil. Haloperidol induziu aumento na densidade de neurônios Fos-positivos no estriado mediaI (contr. 40 ±12; Hal 250 ±20) e lateral (contr. 7 ±3; Hal. 152 ±18,3); no núcleo a acumbens "core" (contr. 26 ±6; Hal. 88 ±11) e "shell" (contr. 39 ±10; Hal. 92 ±14); fentanil induziu aumento no estriado medial (contr. 16 ±4,5; Fent. 67 ±17) e lateral (contr. 1,6 ±0,7; Fent.5,1 ±0,8); L-NOARG agudo induziu redução na região "core" do núcleo acumbens (contr. 18 ±4,5; L-NOARG 7 ±1,5). O L-NOARG sub-crônico induziu tolerância à catalepsia, sem modificação na densidade de neurônios Fos-positivos. Houve predominância da proteína Fos- e neurônios NADPH-d-positivos na matriz estriatal, após todos os tratamentos. A densidade e neurônios NADPH-d positivos na região "shell" do núcleo acumbens de animais tratados com L-NOARG ... apresentou diminuição (contr. 16 ±0,8; L-NOARG 13 ±1); o tratamento sub-crônico mostrou diminuição na "pars" compacta da substância negra (contr. E 7,1 ±0,9; L-NOARG 2,4 ±0,8). Haloperidol induziu maior densidade de neurônios NADPH-d no núcleo tegmental pedúnculo pontino (contr. 29 ±1,8; Hal 33 ±0,7); fentanil não induziu alterações. Neurônios duplamente marcados, após tratamento agudo ou sub-crônico com L-NOARG não mostrara diferenças; haloperidol induziu aumento no globo pálido ventral e, o fentanil, na região "core" do núcleo acumbens. Conclusão: Os resultados deste estudo, om relação a neurônios NADPH-d positivos da via nigroestriatal, corroboram as e evidências da participação do sistema NO na modulação da função motora e mostram a provável influência do sistema NO na catalepsia induzida pelo HaloperidoI e Fentanil. A partir da hipótese que a expressão da proteína Fos indicaria áreas de ativação funcional, os resultados sugerem que a catalepsia por inibidores da NOS ocorreriapor mecanismo distinto ao menos parcialmente da catalepsia induzida pelo haloperidol ou da catatonia induzida pelo fentanil
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.04.2004

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200028449Cavalcanti, Andressa Pollo B.
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CAVALCANTI, Andressa Pollo Barion; DEL BEL, Elaine Aparecida. Expressão da proteína Fos em estruturas de cérebro de camundongos após catalepsia induzida por L-NOARG, Haloperidol e Fentanil. 2004.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2004.
    • APA

      Cavalcanti, A. P. B., & Del Bel, E. A. (2004). Expressão da proteína Fos em estruturas de cérebro de camundongos após catalepsia induzida por L-NOARG, Haloperidol e Fentanil. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Cavalcanti APB, Del Bel EA. Expressão da proteína Fos em estruturas de cérebro de camundongos após catalepsia induzida por L-NOARG, Haloperidol e Fentanil. 2004 ;
    • Vancouver

      Cavalcanti APB, Del Bel EA. Expressão da proteína Fos em estruturas de cérebro de camundongos após catalepsia induzida por L-NOARG, Haloperidol e Fentanil. 2004 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: