Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Higiene das mãos: comparação da eficácia antimicrobiana do álcool - formulação gel e liquida - nas mãos com matéria orgânica (2004)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: KAWAGOE, JULIA YAEKO - EE
  • USP Schools: EE
  • Sigla do Departamento: ENC
  • Subjects: LAVAGEM DE MÃOS (MÉTODOS); ÁLCOOL; INFECÇÃO HOSPITALAR
  • Language: Português
  • Abstract: Indiscutivelmente, higiene de mãos (HM)é uma das medidads mais importantes para prevenir as Infecções Hospitalares. Além da tradicional lavagem com água e sabão, o uso do álcool tem se destacado na HM, pois, possui boa atividade antimicrobiana, dispensa pia, reduz o tempo e previne ressecamento de mãos. Das evidências científicas sobre seu uso na HM, ainda há contradições quanto à sua efetividade na presença da matéria orgânica nas mãos. Esta pesquisa foi desenvolvida com intuito de elucidar esta questão avaliando a eficácia antimicrobiana de três formulações alcoólicas (duas em forma de gel e uma líquida) nas mãos com matéria orgânica. Os trabalhos laboratoriais foram realizados no Laboratório de Pesquisas do Instituto de Ensino e Pesquisas (coleta de amostras bacterianas) e no Laboratório de Microbiologia do Departamento de Patologia Clínica do Hospital Albert Einstein (contagem bacteriana), utilizando a metodologia oficial Européia - EN 1500 modificada. Quatorze voluntários - pessoas saudáveis, sem problemas de pele nas mãos e que asinaram o "Termo de Consentimento Livre e Esclarecido", foram aleatorizados em três grupos e cada grupo utilizou os proidutos-testes e referência em seqüências diferentes. Os produtos-teste foram: produto A - alcool etílico sob a forma de gel a 62% (p/p), produto B - álcool etílico sob a forma de gel a 70%(p/p) e produto C - álcool etílico a 70% (p/v) glicerinado sob a forma líquida e o produto D - alcool 2-propanolol60%, produto referência padronizado pela metodologia EN 1500. Para cada produto-teste e referência, foi realizada a seguinte seqüência de procedimentos: lavagem de mãos por um minuto com água e sabão; aplicação de 1,2 ml de sangue estéril desfibrinado de carneiro; contaminação das mãos até metade dos matacarpos no caldo tríptico de soja (TSB) com o microrganismo-desafio S. macescens ATCC 14756; coleta de amostras pré HM, friccionando os dedos na placa de Petri contendo TSB (valor inicial); HM aplicando o(s) produto(s)-teste e referência; coleta de amostras para recuperação bacteriana (valor final), com a mesma técnica da fase pré HM e cálculo do fator de redução (FR) logarítmica (log10) de S. marcescens (valor inicial - valor final). Foram realizadas análises estatísticas (teste de Wilcoxon) para verificar a equivalência entre o(s) produto(s)-teste e referência, com o nível de significância estabelecido em P=0,10, unicaudal. Os FR (log10) foram: 3,29 para o rpoduto A; 3,36 para o produto B e 3,56 para o produto C. O produto-referência, produto, produto D, promoveu FR log10 de 3,66. Os testes de Wilcoxon indicaram que há equivalência dos produtos B (P=0,198) e C (P=0,826) com o produto referência D, e que existe diferença do produto A (P=0,074) quando comparado ao produto D. Como conclusão, este estudo revelou que os produtos-teste, utilizados em mãos artificialmente sujas com matéria orgânica reduziram significativamente acolonização transitória das mãos - mais de 3 log10, redução acima de 99,9% podendo ser utilizados para HM. Estes valores são superiores aos valores de FR log10 encontrados após a lavagem de mãos com sabão não-antimicrobiano(2,7) e sabão antimicrobiano tricosan (2,8) e semelhantes aos valores de PVP-I (3,5) e clorexidina degermante (3,1). O produto A, apesar de reprovado pela metodologia oficial EN 1500, obteve o menor FR log10 (3,26), é superior aos sabões não-antimicrobianos e com triclosan e clorexidina degermante a 4%, o que indica a possibilidade de sua utilização como segunda opção.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.07.2004
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EE10200009536T2609
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KAWAGOE, Julia Yaeko; GRAZIANO, Kazuko Uchikawa. Higiene das mãos: comparação da eficácia antimicrobiana do álcool - formulação gel e liquida - nas mãos com matéria orgânica. 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-17112006-095710/ >.
    • APA

      Kawagoe, J. Y., & Graziano, K. U. (2004). Higiene das mãos: comparação da eficácia antimicrobiana do álcool - formulação gel e liquida - nas mãos com matéria orgânica. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-17112006-095710/
    • NLM

      Kawagoe JY, Graziano KU. Higiene das mãos: comparação da eficácia antimicrobiana do álcool - formulação gel e liquida - nas mãos com matéria orgânica [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-17112006-095710/
    • Vancouver

      Kawagoe JY, Graziano KU. Higiene das mãos: comparação da eficácia antimicrobiana do álcool - formulação gel e liquida - nas mãos com matéria orgânica [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-17112006-095710/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: