Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Violência perpetrada por companheiros íntimos às mulheres em Celaya-México (2004)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CASIQUE, LETICIA CASIQUE - EERP
  • USP Schools: EERP
  • Sigla do Departamento: ERP
  • Subjects: VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER; ENFERMAGEM PSIQUIÁTRICA
  • Language: Português
  • Abstract: A mulher tem sido vítima de violência por parte de seu companheiro e se sabe que esta repercute em sua saúde. Ao realizar práticas de enfermagem em comunidades detectou-se o fenômeno de violência assim como uma atitude de submissão e abnegação da mulher. Estas situações motivaram a presente investigação. Os objetivos deste estudo foram: 1-descrever o perfil da mulher que procura atendimento no CENAVI por sofrer violência de seu parceiro íntimo e 2- identificar a violência física, psicológica e social entre estas mulheres e sua relação com sua auto-estima. Foram entrevistadas 300 mulheres, vítimas de violência, que procuraram o CENAVI-Centro de Atenção a Vítimas de Violência Intra-familiar, de novembro de 2003 a abril de 2004. Utilizou-se 2 instrumentos para a coleta de dados: o QIVM- Questionário para a Identificação da violência na Mulher e a Escala de Auto-estima de Janis e Field. O projeto foi aprovado pelo Comitê da Bioética em Celaya/México. A coleta de dados foi realizada no CENAVI- México, com o Consentimento Livre e Esclarecido das mulheres. As entrevistas duraram entre 25 a 30 minutos O perfil sócio-demográfico indica uma amostra de 300 mulheres entre 16 a 65 anos, sendo 66% casadas e 75% assinalou estar com o mesmo parceiro. A escolaridade esteve distribuída em todos os níveis e 88% são católicas. Para identificar a freqüência dos três tipos de violência, assim como o nível da auto-estima, adotou-se como regra geral a mediana, estabelecendo que os valoresabaixo desta, representam a presença da violência e baixos níveis de auto-estima. Calculou-se os valores teóricos e os valores observados dos tipos de violência, assim como da auto-estima. Utilizou-se o Teste de Spearman para determinar a existência e relação entre as variáveis (violência física, psicológica e social e auto-estima) e os resultados indicam que existe correlação. Utilizou-se a análise de ) regressão multivariada entre as variáveis do estudo. A partir dos resultados destas análises comparou-se o tempo de convivência, com os 3 tipos de violência. Comparou-se os valores teóricos com os valores observados para identificar a existência de alguma relação entre a auto-estima da mulher maltratada e a violência sofrida por pessoas de sua convivência (mãe da mulher maltratada e pai do parceiro como um homem que agride). Os dados indicam que ao maior tempo de convivência com o parceiro corresponde a maior violência sofrida pela mulher, ou seja, que a violência tende a aumentar com o tempo de convivência. Além disso, os resultados obtidos das questões "sua mãe é (foi) maltratada por seu pai? e "o pai de seu parceiro é (foi) um homem agressor?, mostraram que há maior violência registrada nestas questões relacionadas com mais baixos níveis de auto-estima. Verificou-se que nas famílias mexicanas existe violência, segundo a literatura assim como nos resultados do presente estudo; entretanto, as mulheres preferem omitir o que acontece para manter a integridade dafamília, tão valorizada socialmente. As ações de enfermagem podem ocorrer nos três níveis de atenção para ajudar a mulher, vítima de violência. Recomenda-se que a enfermeira realize trabalhos interdisciplinares e através da inter-relação terapêutica ofereça os cuidados que ajudem a mulher, vítima de violência.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.09.2004
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EE10200009645T2659
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CASIQUE, Leticia Casique; FUREGATO, Antonia Regina Ferreira. Violência perpetrada por companheiros íntimos às mulheres em Celaya-México. 2004.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2004. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-27102004-155419/ >.
    • APA

      Casique, L. C., & Furegato, A. R. F. (2004). Violência perpetrada por companheiros íntimos às mulheres em Celaya-México. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-27102004-155419/
    • NLM

      Casique LC, Furegato ARF. Violência perpetrada por companheiros íntimos às mulheres em Celaya-México [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-27102004-155419/
    • Vancouver

      Casique LC, Furegato ARF. Violência perpetrada por companheiros íntimos às mulheres em Celaya-México [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-27102004-155419/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: