Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Identificação e caracterização de componentes antigênicos proteicos secretados por Sporothrix schenckii (2004)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: NASCIMENTO, ROSANA CICERA - FCF
  • USP Schools: FCF
  • Sigla do Departamento: FBC
  • Subjects: MICOLOGIA MÉDICA; ESPOROTRICOSE (EXPERIMENTOS); DERMATOMICOSES (EXPERIMENTOS)
  • Language: Português
  • Abstract: Camudongos da linhagem BALB/c foram infectados com 5x´l0 POT.6` leveduras de S. schenckii e acompanhados durante vinte e oito dias de infecção. Através da contagem do número de UFC nos baços e fígados verificou-se que a carga fúngica nos órgãos dos animais diminui drasticamente na segunda semana de infecção. O teste de ELISA revelou que nos órgãos destes animais a citocina IL-10 foi produzida em níveis mais elevados durante toda a infecção, assim modulando o controle da infecção. O padrão de proteínas secretadas pelas células leveduriformes de S. schenckii quando cultivadas em meio de cultura líquido e visualizado através de SDS-PAGE, apresentou bandas com pesos moleculares entre 97kDa e 20,1 kDa. Uma banda de 70 kDa foi reconhecida pelos soros dos animais infectados somente após a segunda semana de infecção e persistiu até o final desta. Os níveis de Ig total produzidos contra o antígeno solúvel e a proteína de 70 kDa aumentaram na segunda semana de infecção e os títulos mantiveram-se durante a infecção. A isotipagem dos anticorpos revelou a predominância dos isotipos IgG1 e IgG3 para os dois antigenos testados. Notou-se que o aumento dos níveis de Ig contra o exoantígeno e a proteína imunorreativa de 70kDa, assim como o reconhecimento desta proteína, ocorreu inversamente proporcional à diminuição da carga fúngica nos órgão dos animais infectados. As proteínas secretadas pelas leveduras de S. schenckii, principalmente a proteína de 70 kDa, são capazes deativar uma resposta humoral e conseqüente produção de altos níveis de anticorpos e inibir a fagocitose do fungo pelos macrófagos. Desta maneira, estes antigenos modulam a resposta imune na esporotricose e contribuem para a patogenicidade do fungo.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.09.2004
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    CQ30100006139T 616.969 N244i
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NASCIMENTO, Rosana Cícera; ALMEIDA, Sandro Rogério de. Identificação e caracterização de componentes antigênicos proteicos secretados por Sporothrix schenckii. 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-19052009-103829/ >.
    • APA

      Nascimento, R. C., & Almeida, S. R. de. (2004). Identificação e caracterização de componentes antigênicos proteicos secretados por Sporothrix schenckii. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-19052009-103829/
    • NLM

      Nascimento RC, Almeida SR de. Identificação e caracterização de componentes antigênicos proteicos secretados por Sporothrix schenckii [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-19052009-103829/
    • Vancouver

      Nascimento RC, Almeida SR de. Identificação e caracterização de componentes antigênicos proteicos secretados por Sporothrix schenckii [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-19052009-103829/