Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo de curvas de rotação de galáxias espirais: O papel dos Warps e utilização da espectroscopia IFU (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SCARANO JUNIOR, SERGIO - IAG
  • USP Schools: IAG
  • Subjects: GALÁXIAS; ASTRONOMIA
  • Language: Português
  • Abstract: Neste trabalho, apresentamos os resultados de nossas pesquisas em duas linhas: Uma teórica e outra observacional. Na primeira, revisamos as hipóteses aplicadas à obtenção de curvas de rotação, feitas sobre a geometria das galáxias espirais e seus campos de velocidades. Assim, discutimos detalhadamente a construção dos modelos que se baseiam nestas hipóteses, definindo o campo de velocidades radiais, explicando o processo teórico de extração da curva de rotação de uma galáxia e expondo como correções são inseridas nos campos de velocidades radiais teóricas para justificar os campos de velocidades radiais observadas. Em seguida propusemos a construção de um modelo teórico de galáxia com WARP, baseado no modelo de anéis deslocados, vinculando sua geometria com generalizações de medidas e estatísticas WARPS em galáxias edge-on. Supondo um comportamento axialmente simétrico de cada anel, reinterpretamos o campo de velocidades da galáxia com WARP e avaliamos a projeção no plano do céu e de seu campo de velocidades na linha de visada de um observador. Para avaliarmos se o efeito geométrico de WARP poderia gerar curvas de rotação sistematicamente constantes, utilizamos o programa EXCURO, que extrai a curva de rotação de uma galáxia quando observada a partir de disposições aleatórias no céu e sem considerar o efeito de WARP. Assim, sujeitamos o programa a extrair 5000 curvas de rotação obtidas a partir de nosso modelo numérico de galáxia com WARP, cuja curva de rotaçãoinserida era originalmente decrescente. Em nossa segunda linha de pesquisa propusemos a utilização do espectrógrafo IFU (Integral Field Unit) construído para o telescópio de 1,6m do LNA (Laboratório Nacional de Astrofísica) na obtensão de campos de velocidades radiais de galáxias espirais. Desenvolvemos um programa que extrai o efeito Doppler da linha Ha proveniente de cada fibra no espectro IFU e reconstrói a imagem captada em termos de velocidades ) radiais e de intensidade Ha. Testando o instrumento e utilizando esse programa, conseguimos obter o campo de velocidades radiais da galáxia NGC 6221, a partir do qual derivamos um pedaço da curva de rotação cujas velocidades são coerentes com as obtidas em outro trabalho, cuja curva de rotação foi obtida por outro autores pelo método de espectroscopia de fenda longa.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.11.2003

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IAG30200023450CD-ROM 454
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SCARANO JÚNIOR, Sérgio; LEPINE, Jacques Raymond Daniel. Estudo de curvas de rotação de galáxias espirais: O papel dos Warps e utilização da espectroscopia IFU. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Scarano Júnior, S., & Lepine, J. R. D. (2003). Estudo de curvas de rotação de galáxias espirais: O papel dos Warps e utilização da espectroscopia IFU. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Scarano Júnior S, Lepine JRD. Estudo de curvas de rotação de galáxias espirais: O papel dos Warps e utilização da espectroscopia IFU. 2003 ;
    • Vancouver

      Scarano Júnior S, Lepine JRD. Estudo de curvas de rotação de galáxias espirais: O papel dos Warps e utilização da espectroscopia IFU. 2003 ;