Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Compósitos formados por polietileno modificado e celulose: obtenção e caracterização (2004)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CASARANO, ROMEU - IQ
  • USP Schools: IQ
  • Sigla do Departamento: QFL
  • Subjects: POLÍMEROS (QUÍMICA ORGÂNICA); PROCESSOS QUÍMICOS (TECNOLOGIA DE CELULOSE E PAPEL); CELULOSE; TECNOLOGIA QUÍMICA ORGÂNICA
  • Language: Português
  • Abstract: A primeira parte desta Tese incluiu a funcionalização em solução de polietileno linear de média densidade (LMDPE) com alil glicidil éter (AGE), na presença de peróxido de benzoíla (BPO) como iniciador de reações radicalares. A caracterização foi feita por espectroscopia no infravermelho com transformada de Fourier (FTIR) e o grau de funcionalização (GF) foi estimado por meio de duas curvas de calibração. Foi observado efeito do tipo de solvente sobre o GF. A segunda parte consistiu na funcionalização superficial por radiação ultravioleta (UV). Como monômeros foram usados AGE, anidrido maléico (MAH) e anidrido tetraidroftálico (THFAH). Como iniciadores, BPO e benzofenona (BP). A caracterização das superfícies foi realizada por medidas de ângulo de contato. THFAH apresentou a melhor performance. A terceira tratou da funcionalização por processamento reativo do LMDPE com AGE, na presença de BPO. A caracterização se deu por FTIR e o GF foi estimado conforme descrito acima. A funcionalização foi confirmada (indiretamente) por calorimetria diferencial exploratória, que evidenciou a diminuição do grau de cristalinidade com a funcionalização. Não foi possível confirmar a funcionalização por meio de análise elementar, termogravimetria e difração de raios X. A fragmentação das cadeias do LMDPE funcionalizado do ensaio 13 (e 13A) foi evidenciada por decréscimo no torque e nas propriedades mecânicas. Contudo, o índice de fluidez, surpreendentemente, diminuiu. Osvalores relativamente superiores de resistência à tração e módulo de Young dos compósitos e blendas obtidos com LMDPE funcionalizado, contra os obtidos com LMDPE virgem, evidenciaram a interação favorável entre os grupos epóxidos inseridos nas cadeias do LMDPE e os grupos hidroxilas presentes no polissacarídeo. O aumento da adesão entre a matriz polimérica e as fibras de celulose foi confirmado por microscopia eletrônica de varredura e, qualitativamente, ) por quantidades relativamente maiores de resíduos remanescentes após extração em xileno sob refluxo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.10.2004
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    CQ30100006155T 547.84 C335c
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CASARANO, Romeu; PETRI, Denise Freitas Siqueira. Compósitos formados por polietileno modificado e celulose: obtenção e caracterização. 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46135/tde-16052007-144206/ >.
    • APA

      Casarano, R., & Petri, D. F. S. (2004). Compósitos formados por polietileno modificado e celulose: obtenção e caracterização. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46135/tde-16052007-144206/
    • NLM

      Casarano R, Petri DFS. Compósitos formados por polietileno modificado e celulose: obtenção e caracterização [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46135/tde-16052007-144206/
    • Vancouver

      Casarano R, Petri DFS. Compósitos formados por polietileno modificado e celulose: obtenção e caracterização [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46135/tde-16052007-144206/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: