Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Metrics


Metrics:

Produtividade de criadouros de Aedes albopictus no Vale do Paraíba, SP, Brasil (2004)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FORATTINI, OSWALDO PAULO - FSP
  • USP Schools: FSP
  • DOI: 10.1590/s0034-89102004000200009
  • Subjects: RESERVATÓRIOS DE DOENÇAS; AEDES; INSETOS VETORES
  • Language: Português
  • Abstract: OBJETIVO: Estudar o potencial de produtividade de criadouros artificiais, permanentes e naturais de Aedes albopictus, espécie considerada vetor potencial de dengue. MÉTODOS: O estudo foi desenvolvido nos municípios de Tremembé e Pindamonhangaba, Estado de São Paulo, em três locais selecionados: a) imóvel com atividades comerciais de compra e venda de materiais e recipientes descartáveis, em área urbana; b) chácara de lazer; c) mata de caráter residual. Realizou-se levantamento dos criadouros existentes em cada local, classificados quanto ao seu tamanho (volume de água) - pequeno (até um litro), médio (acima de um até 10 litros) e grande (acima de 10 litros) - e quanto ao tipo: artificial, natural e permanente. Foram executadas coletas em intervalos quinzenais por um período de 12 meses, retirando-se larvas de quarto estádio e pupas em cada tipo de criadouro existente. Para análise dos resultados, foram usados os testes de Kriskal-Wallis, t de Student e o cálculo de emergência. RESULTADOS: Segundo as análises estatísticas e o cálculo de emergência (E), os criadouros artificiais grande e o permanente médio foram, em média, mais produtivos para Aedes albopictus, contribuindo com 2,8 fêmeas por dia, cada. E os criadouros naturais pequenos e médios tiveram produção média diária de 0,5 e 0,6 fêmeas, respectivamente. CONCLUSÕES: Os resultados indicam a necessidade de se realizarem estudos sobre o potencial de produtividade de criadouros não somente de Ae. albopictus,mas sobretudo de Aedes aegypti, principal vetor de dengue, o que poderia contribuir para o aprimoramento das avaliações das densidades populacionais, nos programas de vigilância e controle.(AU)
  • Imprenta:
  • Source:
    • Título do periódico: Rev. saúde pública
    • Volume/Número/Paginação/Ano: v.38, n.2, p. 209-215, 2004
  • Acesso online ao documento

    DOI or search this record in
    Informações sobre o DOI: 10.1590/s0034-89102004000200009 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: hybrid
    • Licença: cc-by-nc

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BRITO, Marylene de; FORATTINI, Oswaldo Paulo. Produtividade de criadouros de Aedes albopictus no Vale do Paraíba, SP, Brasil. Rev. saúde pública, São Paulo, v. 38, n. 2, p. 209-215, 2004. DOI: 10.1590/s0034-89102004000200009.
    • APA

      Brito, M. de, & Forattini, O. P. (2004). Produtividade de criadouros de Aedes albopictus no Vale do Paraíba, SP, Brasil. Rev. saúde pública, 38( 2), 209-215. doi:10.1590/s0034-89102004000200009
    • NLM

      Brito M de, Forattini OP. Produtividade de criadouros de Aedes albopictus no Vale do Paraíba, SP, Brasil. Rev. saúde pública. 2004 ;38( 2): 209-215.
    • Vancouver

      Brito M de, Forattini OP. Produtividade de criadouros de Aedes albopictus no Vale do Paraíba, SP, Brasil. Rev. saúde pública. 2004 ;38( 2): 209-215.