Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo comparativo de alguns aspectos da biologia de populações de bivalves de água doce em duas bacias hidrográficas do Estado de São Paulo (2004)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: VIANNA, MARINA PEIXOTO - FFCLRP
  • USP Schools: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 592
  • Subjects: ECOLOGIA DE POPULAÇÕES; ÁGUA DOCE; BACIA HIDROGRÁFICA
  • Language: Português
  • Abstract: São poucos os trabalhos que abordam aspectos ecológicos para espécies de bivalves nativos e/ou exóticos na América do Sul e, principalmente, no Brasil. Desta forma, a espécie exótica, devido às adaptações ao ambiente, à velocidade de colonização e ao sucesso reprodutivo, entre outros parâmetros, está ocupando rapidamente, os substratos preferenciais da fauna de bivalves autóctones. O presente trabalho teve com objetivo abordar, comparativamente, aspectos da biologia de populações de bivalves de água doce em duas bacias hidrográficas do Estado de São Paulo, rio Pardo e rio Mogi-Guaçu. Foram monitorados os parâmetros abióticos da água durante o período de estudo. Contudo, não foi observada correlação significativa entre o número de indivíduos capturados e as variações das medidas dos fatores abióticos (p > 0,05). No ponto do rio Pardo foi registrada uma alta densidade da espécie exótica Corbicula fluminea, sendo que, um único exemplar de uma das espécies de bivalves nativos (Diplodon rotundus gratus) foi encontrado. No ponto do rio Mogi-Guaçu foram encontrados bivalves nativos em meio à população de C. fluminea, porém em baixas densidades. A densidade populacional da espécie exótica variou de 07 a 873 indivíduos/’m POT.2’ no rio Pardo e de 06 a 70 indivíduos/’m POT.2’ no rio Mogi-Guaçu. O comprimento da concha de C. fluminea variou de 1,02 a 3,32 cm e de 0,52 a 3,85 cm nos dois pontos, respectivamente. No rio Mogi-Guaçu, a população de C. fluminea apresentouindivíduos maiores, com maior biomassa e maior taxa de crescimento do que a população do rio Pardo. Nas coletas de outubro e novembro/03 foi encontrado um grande número de jovens da espécie exótica no rio Mogi-Guaçu, indicando que houve, pelo menos, um pico reprodutivo para a espécie no ano. Não foram encontrados jovens da fauna indígena nessa área. Nesse ponto, a população de C. fluminea apresentou diferenças significativas com relação ao tamanho ... e biomassa dos indivíduos nas coletas realizadas (p < 0,05). Na população de C. fluminea do rio Pardo foram encontrados apenas indivíduos adultos, sem diferença significativa de tamanho e biomassa durante o período de estudo (p > 0,05). Não foram encontrados jovens nessa população. Pode-se inferir que a granulometria exerce papel importante no estabelecimento da população. No rio Pardo foram encontradas as maiores densidades nas áreas com sedimento composto predominantemente, por silte e argila. Nas áreas com sedimento mais grosseiro, foram encontradas baixas densidades e um grande número de indivíduos mortos. No rio Mogi-Guaçu, o sedimento de toda a área estudada era composto por partículas maiores, com predomínio de areia grossa e cascalho. Provavelmente, esse seja um sítio preferencial para a reprodução e dispersão da espécie e o ponto no rio Pardo seja um sítio de recrutamento populacional. De acordo com os resultados encontrados, pode-se inferir que o fator que exerce maiorinfluência no estabelecimento de populações de bivalves, das espécies nativas e da espécie exótica é o tipo de sedimento. E mais, a alta competição por espaço e por nutrientes, imposta pela espécie exótica C. fluminea, tem levado ao declínio das populações de bivalves nativos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.10.2004

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FCLRP20800001752Vianna, Marina Peixoto
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VIANNA, Marina Peixoto; AVELAR, Wagner Eustáquio Paiva. Estudo comparativo de alguns aspectos da biologia de populações de bivalves de água doce em duas bacias hidrográficas do Estado de São Paulo. 2004.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2004.
    • APA

      Vianna, M. P., & Avelar, W. E. P. (2004). Estudo comparativo de alguns aspectos da biologia de populações de bivalves de água doce em duas bacias hidrográficas do Estado de São Paulo. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Vianna MP, Avelar WEP. Estudo comparativo de alguns aspectos da biologia de populações de bivalves de água doce em duas bacias hidrográficas do Estado de São Paulo. 2004 ;
    • Vancouver

      Vianna MP, Avelar WEP. Estudo comparativo de alguns aspectos da biologia de populações de bivalves de água doce em duas bacias hidrográficas do Estado de São Paulo. 2004 ;