Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Efeitos hemodinâmicos do sildenafil após microembolia pulmonar aguda em cães (2004)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: DIAS JUNIOR, CARLOS ALAN CANDIDO - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RFA
  • Subjects: PULMÃO; EMBOLIA (ANTAGONISTAS E INIBIDORES)
  • Language: Português
  • Abstract: Embolia pulmonar aguda (EPA) é uma das principais causas de morbidade e mortalidade. Vasodilatadores pulmonares seletivos podem atenuar a hipertensão arterial pulmonar associada à EPA. Nós avaliamos os efeitos da inibição da fosfodiesterase 5 (PDE5) com o sildenafil sobre os distúrbios hemodinâmicos e respiratórios causados pela EPA em cães anestesiados. Um grupo de animais monitorizados (N=3) recebeu somente infusão de salina. EPA foi induzida em outros dois grupos experimentais por injeções intravenosas de microesferas de 300 'mü'm, em quantidades suficientes para aumentar a pressão média da artéria pulmonar (PMAP) em 20 mmHg. Coletamos os dados hemodinâmicos (Pressões médias da artéria pulmonar e sistêmica, pressão venosa central, pressão capilar pulmonar, freqüência cardíaca e débito cardíaco) e amostras de sangue arterial para análise gasométrica nos seguintes momentos: basal, 15 e 30 min após a indução da EPA, e 15, 30 e 45 min após o inicio da infusão de sildenafil (1 mg/kg + 0,3 mg/kg/h) no grupo sildenafil (N=7), ou após o início da infusão de salina no grupo controle (N=8). A EPA induziu hipertensão pulmonar estável com um correspondente aumento de 325% no índice de resistência vascular pulmonar (IRVP) sem mudanças significativas nos demais parâmetros hemodinâmicos avaliados. O grupo controle não mostrou mudanças adicionais na PMAP e IRVP. Entretanto, observamos uma significante redução na PMAP e RVP (-25% e -45%, respectivamente; ambos comP<0,05) após a infusão de sildenafil. As mudanças na pressão arterial média, índice de resistência vascular sistêmico e índice cardíaco não alcançaram significância estatística em ambos os grupos. A EPA produziu redução significativa da Pa'O IND.2', porém, o tratamento com sildenafil produziu um discreto aumento da Pa'O IND.2' (P<0,05). Concluímos que a administração endovenosa de sildenafil pode atenuar os aumentos da PMAP e IRVP após a EPA em cães, sem ... produzir efeitos importantes na circulação sistêmica
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.10.2004

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200028494Dias Junior, Carlos Alan C.
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DIAS JÚNIOR, Carlos Alan Candido; SANTOS, José Eduardo Tanus dos. Efeitos hemodinâmicos do sildenafil após microembolia pulmonar aguda em cães. 2004.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2004.
    • APA

      Dias Júnior, C. A. C., & Santos, J. E. T. dos. (2004). Efeitos hemodinâmicos do sildenafil após microembolia pulmonar aguda em cães. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Dias Júnior CAC, Santos JET dos. Efeitos hemodinâmicos do sildenafil após microembolia pulmonar aguda em cães. 2004 ;
    • Vancouver

      Dias Júnior CAC, Santos JET dos. Efeitos hemodinâmicos do sildenafil após microembolia pulmonar aguda em cães. 2004 ;