Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Propagação intersazonal de ciclones e anticiclones na América do Sul e o deslocamento de massas de ar frio durante as estações de transição (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BEU, CASSIA MARIA LEME - IAG
  • USP Schools: IAG
  • Subjects: METEOROLOGIA DINÂMICA; ANÁLISE NUMÉRICA
  • Language: Português
  • Abstract: A necessidade de se conhecer melhor o comportamento de ciclones e anticiclones extratropicais no Hemisfério Sul foi a motivação para este estudo. Diversos trabalhos abordaram esse assunto de diferentes pontos de vista e de forma preferencial para uma única estação do ano - o inverno. Isso acontece porque é nessa estação que as massas de ar frio atingem os continentes com maior intensidade e em geral existe uma importante participação de sistemas de alta e baixa pressão na ocorrência de ondas de frio. Existe, portanto, uma forte ligação entre a atuação de ciclones e anticiclones extratropicais e impactos sócio-econômicos. Acredita-se que um conhecimento mais amplo desses sistemas possa auxiliar os serviços de previsão do tempo e clima, minimizando assim, possíveis impactos relacionados aos mesmos. Neste trabalho foram analisadas variabilidades intersazonais e interanuais de ciclones no Hemisfério Sul, bem como a energética da atmosfera. A principal ferramenta usada foi um esquema automático desenvolvido para o cálculo de trajetórias de ciclones e anticiclones a partir de análises numéricas. Os resultados mostraram que em todas as estações do ano o número de ciclones é maior em altas latitudes (entre 50 e 70°S) e que a variabilidade interanual é alta. Em períodos de neutralidade a atividade de ciclones é maior no outono para médias e altas latitudes. Em eventos ENOS (El Niño/Oscilåção Sul) a média de ciclones é maior no verão e menor no inverno. Com relação àenergética, observou-se que sua variabilidade hemisférica associada a composições de ENOS é pequena mas variações locais da energia podem ser de extrema importância para modificar sistemas sinóticos. através de dois casos de frio ocorridos na primavera de 2002 a propagação de anticiclones sobre a América do Sul é analisada
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.12.2003

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IAG30200023344CD-ROM 407
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BEU, Cássia Maria Leme; AMBRIZZI, Tércio. Propagação intersazonal de ciclones e anticiclones na América do Sul e o deslocamento de massas de ar frio durante as estações de transição. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Beu, C. M. L., & Ambrizzi, T. (2003). Propagação intersazonal de ciclones e anticiclones na América do Sul e o deslocamento de massas de ar frio durante as estações de transição. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Beu CML, Ambrizzi T. Propagação intersazonal de ciclones e anticiclones na América do Sul e o deslocamento de massas de ar frio durante as estações de transição. 2003 ;
    • Vancouver

      Beu CML, Ambrizzi T. Propagação intersazonal de ciclones e anticiclones na América do Sul e o deslocamento de massas de ar frio durante as estações de transição. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: