Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Subsídios para um programa de manejo da resistência de Aphis gossypii Glover, 1877 a inseticidas na cultura do algodão (2005)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: KONNO, ROBERTO HIROYUKI - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LEF
  • Subjects: ALGODÃO; INSETICIDAS; PULGÃO; PESTICIDAS (RESISTÊNCIA)
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo do presente trabalho foi o de coletar informações básicas para a implementação de um programa de manejo da resistência de Aphis gossypii Glover, 1877 a inseticidas na cultura do algodão. Para tanto, foram caracterizadas as linhas-básicas de suscetibilidade de A. gossypii aos inseticidas carbosulfam, tiametoxam e endosulfam por meio de um bioensaio de contato residual. Posteriormente, foi realizado um monitoramento da suscetibilidade a esses inseticidas em populações de A. gossypii que foram coletadas nas regiões de Acreúna-GO, Ituverava-SP, Rondonópolis-MT e Unai-MG as safras de algodão de 2001/2002 a 2003/2004. Em cada safra, as coletas de pulgão foram realizadas no início, meio e final do ciclo da cultura. Não foram observadas diferenças significativas na suscetibilidade de populações de A. gossypii para tiametoxam e endosulfam. Por outro lado, houve um aumento significativo na freqüência de resistência ao carbosulfam ao longo do ciclo da cultura. No entanto, foi observado um restabelecimento parcial da suscetibilidade ao carbosulfam no início da safra subseqüente, evidenciando assim a instabilidade da resistência. A razão de resistência de A. gossypii ao carbosulfam foi de 5,7 vezes. (continua))Não foi verificada a presença de resistência cruzada entre carbosulfam e os inseticidas tiametoxam e endosulfam. Estudos de dinâmica da resistência de A. gossypii ao carbosulfam realizados em condições de laboratório mostraram que aresistência é instável; ou seja, a freqüência de resistência diminui significativamente na ausência de pressão de seleção. Comparações de parâmetros biológicos entre as linhagens suscetível e resistente ao carbosulfam mostraram que há custo adaptativo associado à resistência. A linhagem resistente apresentou uma menor fecundidade, menor período reprodutivo e menor longevidade do que a linhagem suscetível. Por fim, trabalhos de avaliação da estratégia de mistura de inseticidas evidenciaram que a mistura de carbosulfam com tiametoxam ou endosulfam não é vantajoso no manejo da resistência de A. gossypii ao carbosulfam
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.02.2005
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500030426t633.51 K82s e.2 84638
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KONNO, Roberto Hiroyuki; OMOTO, Celso. Subsídios para um programa de manejo da resistência de Aphis gossypii Glover, 1877 a inseticidas na cultura do algodão. 2005.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2005. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11146/tde-24052005-142415/ >.
    • APA

      Konno, R. H., & Omoto, C. (2005). Subsídios para um programa de manejo da resistência de Aphis gossypii Glover, 1877 a inseticidas na cultura do algodão. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11146/tde-24052005-142415/
    • NLM

      Konno RH, Omoto C. Subsídios para um programa de manejo da resistência de Aphis gossypii Glover, 1877 a inseticidas na cultura do algodão [Internet]. 2005 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11146/tde-24052005-142415/
    • Vancouver

      Konno RH, Omoto C. Subsídios para um programa de manejo da resistência de Aphis gossypii Glover, 1877 a inseticidas na cultura do algodão [Internet]. 2005 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11146/tde-24052005-142415/