Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Análise micromorfológica de estrutura dentinária após a incubação em alimentos ácidos, seguida ou não da irradiação pelo laser de Nd:YAG. Estudo ao microscópio eletrônico de varredura (2004)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: NAYLOR, FLAVIA VIEGAS - FO
  • USP Schools: FO
  • Sigla do Departamento: ODD
  • Subjects: SENSIBILIDADE DA DENTINA; ANÁLISE MORFOLÓGICA; EROSÃO DE DENTE; LASER; MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE VARREDURA
  • Language: Português
  • Abstract: Um dos fatores desencadeantes da Hipersensibilidade Dentinária Cervical é a erosão da superfície dentinária pela ação dos alimentos ácidos que expõe e amplia túbulos dentinários. O laser de Nd:YAG tem sido empregado com sucesso no tratamento da sensibilidade. Nosso objetivo foi analisar em microscópio eletrônico de varredura (MEV) a superfície dentinária submetida ao ácido alimentar, seguida do tratamento de laser de Nd:YAG e novamente submetida ao ácido alimentar. Preparou-se 68 amostras de dentina na região cervical a partir de 17 terceiros molares recém - extraídos, que foram distribuídas aleatoriamente em 5 grupos distintos: Controle (n= 4); Limão (n=16); Maracujá (n=16); Coca- Cola (n=16) e Vinho (n=16). Cada grupo, (exceto o controle) foi dividido em 4 subgrupos: A,B,C e D e receberam diferentes condições de tratamento: A - incubação por (3hs); B - incubação por (3hs)+ laser Nd:YAG; C - incubação por (3hs)+ laser Nd:YAG+ incubação (3hs); D - incubação por (3hs)+ laser Nd:YAG + incubação (6hs). Os parâmetros empregados para irradiação com laser de Nd:YAG foram: 0,6 W de potência; numa freqüência de 10 Hz; energia de 60mJ; modo varredura por contato leve e num tempo total de 60 segundos. Cada subgrupo foi examinado e fotografado em MEV JEOL 6100, operado a10-15 Kv. Os resultados mostraram que todos os ácidos alimentares estudados promoveram a exposição e aumento do diâmetro médio dos túbulos dentinários: Controle (diâmetro (D) = 2,0 m); Limão (D = 2,5 m);Maracujá (D=2,5 m); Coca-Cola (D =2,5 m) e vinho (D=3,5 m). Concluímos, que todos ácidos alimentares utilizados expuseram e ampliaram a luz dos túbulos dentinários. A irradiação com laser de Nd: YAG, nos parâmetros empregados produziu obliteração e redução dos túbulos dentinários modificando a estrutura dentária original. A dentina irradiada com laser de Nd: YAG apresentou menor vulnerabilidade à dissolução ácida com os alimentos ácidos empregados
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.05.2004

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FO11500016494CRFO289
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NAYLOR, Flavia Viégas; SOBRAL, Maria Angela Pita. Análise micromorfológica de estrutura dentinária após a incubação em alimentos ácidos, seguida ou não da irradiação pelo laser de Nd:YAG. Estudo ao microscópio eletrônico de varredura. 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.
    • APA

      Naylor, F. V., & Sobral, M. A. P. (2004). Análise micromorfológica de estrutura dentinária após a incubação em alimentos ácidos, seguida ou não da irradiação pelo laser de Nd:YAG. Estudo ao microscópio eletrônico de varredura. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Naylor FV, Sobral MAP. Análise micromorfológica de estrutura dentinária após a incubação em alimentos ácidos, seguida ou não da irradiação pelo laser de Nd:YAG. Estudo ao microscópio eletrônico de varredura. 2004 ;
    • Vancouver

      Naylor FV, Sobral MAP. Análise micromorfológica de estrutura dentinária após a incubação em alimentos ácidos, seguida ou não da irradiação pelo laser de Nd:YAG. Estudo ao microscópio eletrônico de varredura. 2004 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: