Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Análise de própolis da Serra do Japi, determinação de sua origem botânica e avaliação de sua contribuição em processos de cicatrização (2005)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FUNARI, CRISTIANO SOLEO DE - FCF
  • USP Schools: FCF
  • Sigla do Departamento: FBF
  • Subjects: PRÓPOLIS (ANÁLISE); CICATRIZAÇÃO (ESTUDO CLÍNICO); PRODUTOS NATURAIS (APLICAÇÕES TERAPÊUTICAS); FARMACOGNOSIA; PRÓPOLIS (APLICAÇÕES TERAPÊUTICAS)
  • Language: Português
  • Abstract: Atualmente, há uma considerável quantidade de informações relativas a aspectos químicos e biológicos da própolis, porém sua aplicação terapêutica ainda pode ser considerada incipiente. Isto se deve, principalmente, à grande variabilidade da composição química deste produto em função de sua origem geográfica/botânica, já que em diferentes ecossistemas as abelhas recorrem a distintas espécies vegetais como fontes de matérias-primas para sua elaboração. Desta forma, para se chegar a uma futura padronização, os conhecimentos da(s) fonte(s) botânica(s) e da origem geográfica da amostra são fundamentais e devem acompanhar qualquer estudo biológico, no sentido de se estabelecer quais atividades biológicas correspondem a um tipo específico de própolis. O presente trabalho objetiva contribuir para os conhecimentos da composição de própolis do estado de São Paulo (coletado na Serra do Japi) e de sua fonte botânica, bem como para a discussão dos possíveis mecanismos envolvidos em processos de cicatrização, influenciados pela aplicação tópica de própolis (um de seus usos mais difundidos mundialmente é como "cicatrizante"). Para tanto, traz análises físico-químicas, preconizadas pelo Ministério da Agricultura (teores de cinzas, cera, sólidos solúveis, flavonóides e fenóis totais, perda por dessecação a 105´GRAUS´C e massa mecânica), estudos de composição química pela técnica CLAE, análises cromatográficas comparativas entre o extrato metanólico de própolis e de suasuposta fonte botânica, quantifica a complexação de substâncias fenólicas da própolis ao pó de pele e traz estudos, in vitro, da influência deste produto sobre proliferação de fibroblastos de camundongos (células NIH 3T3). Excetuando-se a perda por dessecação a 105´GRAUS´C, todos os demais parâmetros estiveram dentro dos limites estabelecidos pelo Ministério da Agricultura, para a fixação de identidade e qualidade da própolis. Identifica os flavonóide ) canferol, canferida e isossacuranetina e os ácidos para-cumárico, ferúlico, clorogênico, cafeico, trans-cinâmico e Artepillin C, na própolis, e comprova ser a Baccharis dracunculifolia DC. (vassourinha) a sua fonte botânica. Mostra que a própolis foi tóxica aos fibroblastos nas concentrações de 125,00; 62,50 e 31,25 ´MICROGRAMAS´/mL e levemente proliferativa entre as concentrações 7,812 e 0,732 ´MICROGRAMAS/mL, mas sem diferenças estatisticamente significativas em relação a seus controles. Indica que 68,12% das substâncias fenólicas presentes no extrato etanólico de própolis complexaram com pó de pele. Conclui, dentre outras coisas, que a própolis estudada apresenta grande variedade de substâncias fenólicas, adsorve fortemente à pele humana, não possui efeito proliferativo estatisticamente significativo sobre os fibroblastos de camundongo (células NIH 3T3) e, provavelmente, atua auxiliando o processo de cicatrização indiretamente, facilitando o estabelecimento das condições ideais para que acicatrização ocorra
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 31.01.2005

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    CQ30100010500T 615.321 F979a
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FUNARI, Cristiano Soleo de; FERRO, Vicente de Oliveira. Análise de própolis da Serra do Japi, determinação de sua origem botânica e avaliação de sua contribuição em processos de cicatrização. 2005.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9138/tde-08122008-143118/ >.
    • APA

      Funari, C. S. de, & Ferro, V. de O. (2005). Análise de própolis da Serra do Japi, determinação de sua origem botânica e avaliação de sua contribuição em processos de cicatrização. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9138/tde-08122008-143118/
    • NLM

      Funari CS de, Ferro V de O. Análise de própolis da Serra do Japi, determinação de sua origem botânica e avaliação de sua contribuição em processos de cicatrização [Internet]. 2005 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9138/tde-08122008-143118/
    • Vancouver

      Funari CS de, Ferro V de O. Análise de própolis da Serra do Japi, determinação de sua origem botânica e avaliação de sua contribuição em processos de cicatrização [Internet]. 2005 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9138/tde-08122008-143118/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019