Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Microtração de um sistema resinoso, aplicado em dentina de dentes decíduos, em diferentes superfícies (2005)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: OLIVEIRA, MARIA ANGELICA HUEB DE MENEZES - FORP
  • USP Schools: FORP
  • Sigla do Departamento: 807
  • Subjects: DENTIÇÃO DECÍDUA; ODONTOPEDIATRIA
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste trabalho foi analisar, in vitro, a resistência adesiva de um sistema resinoso, por meio de microtração, em diferentes superfícies dentinárias de dentes decíduos. Foram utilizados 20 segundos molares decíduos hígidos neste estudo. Os dentes foram aleatoriamente divididos em 2 grupos, com 10 dentes cada. No grupo I, o esmalte da superfície oclusal foi removido, através de um corte transversal, e no grupo II, o esmalte da superfície vestibular foi removido através de um corte longitudinal, no sentido longo eixo do dente. O procedimento restaurador foi realizado através da técnica de incrementos com a resina composta Z250. O sistema adesivo utilizado foi o Single Bond (3M ESPE). Após as restaurações, os dentes foram armazenados em água destilada, em estufa a 37'graus' C, durante 24 horas, para, em seguida, serem preparados para o teste de microtração. Os dentes foram seccionados perpendicularmente à superfície adesiva, sob constante irrigação, (5 a 6 secções), no sentido mésio-distal da coroa e, após, no sentido vestíbulo-lingual. A interface obtida teve área de aproximadamente 0,8'mm POT. 2' ('+ OU -'0,2) de espessura, conseguindo-se várias amostras em forma de "palitos". Os espécimes selecionados, para o ensaio de microtração( de quatro a seis palitos por dente), tiveram suas áreas de adesão medidas e anotadas, e em seguida os palitos foram fixados, pelas suas extremidades, ao dispositivo, para a realização do ensaio de microtração, com o auxílio deadesivo instantâneo. O ensaio mecânico de microtração foi realizado em uma Máquina Universal de Ensaios, previamente ajustada para forças de tração, com uma célula de carga de capacidade de 50 KGF a uma velocidade de 1mm/min. Após a fratura, os valores de resistência adesiva foram calculados e expressos em MPa. O modo da fratura do lado da dentina foi classificada individualmente, com lupa estereoscópica com aumento de 40X. Os dados foram ... submetidos à análise estatística e demonstraram não haver diferença significativa na resistência adesiva entre as faces oclusais e vestibulares em molares decíduos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.02.2005

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FORP11700006148Oliveira, Maria Anglica H. M.
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA, Maria Angélica Hueb de Menezes; BORSATTO, Maria Cristina. Microtração de um sistema resinoso, aplicado em dentina de dentes decíduos, em diferentes superfícies. 2005.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2005.
    • APA

      Oliveira, M. A. H. de M., & Borsatto, M. C. (2005). Microtração de um sistema resinoso, aplicado em dentina de dentes decíduos, em diferentes superfícies. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Oliveira MAH de M, Borsatto MC. Microtração de um sistema resinoso, aplicado em dentina de dentes decíduos, em diferentes superfícies. 2005 ;
    • Vancouver

      Oliveira MAH de M, Borsatto MC. Microtração de um sistema resinoso, aplicado em dentina de dentes decíduos, em diferentes superfícies. 2005 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: