Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Contribuição de polimorfismos de genes relacionados à resposta inflamatória para a trombose venosa (2005)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PIERONI, FABIANO - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCM
  • Subjects: TROMBOEMBOLISMO; POLIMORFISMO; INFLAMAÇÃO; FATORES DE RISCO
  • Language: Português
  • Abstract: Tromboembolismo venoso (TEV) e inflamação são duas entidades intimamente relacionadas. No presente estudo investigamos a possível associação entre modificadores genéticos da resposta inflamatória e risco para TEV. Estudamos 420 pacientes consecutivos e não relacionados com diagnóstico objetivo de TEV e 420 controles. As freqüências dos seguintes polimorfismos foram determinadas: transição -308G/A na região promotora do fator de necrose tumoral-'alfa' (TNF-'alfa'), +252 A/G da linfotoxina-'alfa' (LT-'alfa'), -174G/C na região promotora da interleucina-6 (IL-6), 86pb VNTR no íntron 2 do receptor antagonista da interleucina-1 (IL-1ra), -1082G/A na região promotora da interleucina-10 (IL-10) e transição C/G do códon 125 da molécula de adesão endotélio/plaqueta (CD31). A odds ratio (OR) para TEV associada a -308 G/A TNF-'alfa' foi de 1,0 (IC95: 0,8-1,5), para +252 A/G LT-'alfa' a OR foi 1,3 (IC95: 1,0-1,7), para -1 74G/C IL-6 a OR foi de 1,1 (IC95: 0,9-1,5), para o alelo A1 do VNTR no íntron 2 do IL-1ra a OR foi de 1,6 (IC95:0,98-2,5), para -1082G/A IL-10 foi de 1,2 (IC95: 0,8-1,7) e para 125 C/G CD-31 a OR foi de 0,8 (IC95: 0,6-1,1). As ORs para portadores simultaneamente de dois dos polimorfismos estudados não demonstraram risco adicional para TEV, exceto para os portadores simultâneos dos alelos mutantes dos polimorfismos +252 A/G da LT-'alfa' e -1082G/A da IL-10 (OR=2; IC95: 1,1-3,8). O risco para TEV conferido pela mutação no gene do fator V Leiden(FVL) (OR:4,8; IC95: 2,4-9,7) e pela mutação G20210A no gene do fator II coagulação (F/IG20210A) (OR:5,7; IC95: 2,2-15) não foi significativamente alterado pela co-herança de qualquer um dos polimorfismos estudados. Em conclusão, isoladamente, associados entre si ou com os fatores de risco FVL e FII G20210A, os polimorfismos -308 G/A do TNF-'alfa' +252 A/G da LT-'alfa', -174G/C da IL-6, VNTR no íntron 2 do IL-1ra, -1082G/A da IL-10 e 125 C/G do CD-31, não são ... fatores de risco para TEV na maior parte dos possíveis cenários testados. A exceção é a co-herança dos alelos mutantes dos polimorfismos +252 A/G da LT-'alfa' e -1082G/A da IL-10, associada a aumento significativo de risco trombótico, da ordem de duas vezes
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.04.2005

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200030113Pieroni, Fabiano
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PIERONI, Fabiano; FRANCO, Rendrik França. Contribuição de polimorfismos de genes relacionados à resposta inflamatória para a trombose venosa. 2005.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2005.
    • APA

      Pieroni, F., & Franco, R. F. (2005). Contribuição de polimorfismos de genes relacionados à resposta inflamatória para a trombose venosa. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Pieroni F, Franco RF. Contribuição de polimorfismos de genes relacionados à resposta inflamatória para a trombose venosa. 2005 ;
    • Vancouver

      Pieroni F, Franco RF. Contribuição de polimorfismos de genes relacionados à resposta inflamatória para a trombose venosa. 2005 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: