Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Negócio eletrônico: a logística no comércio eletrônico business to consumer (B2C) em empresas nacionais (2005)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SCANDIUZZI, FERNANDO - FEA
  • USP Schools: FEA
  • Sigla do Departamento: EAD
  • Subjects: COMÉRCIO ELETRÔNICO; INTERNET; LOGÍSTICA
  • Language: Português
  • Abstract: Com a globalização da economia e o desenvolvimento da Internet e do Comércio Eletrônico, o ambiente empresarial está passando por grandes mudanças. Assim, as empresas participantes passaram a ter de realizar vários processos de forma totalmente nova e, entre eles, a logística empresarial também está adequando-se a essa mudanças. Neste contexto, esta presente pesquisa buscou estudar como as empresas do setor varejista, que utilizam o comércio eletrônico Business to Consumer (B2C), realizam suas atividades de logística. Foram realizados estudos de casos em oito empresas nacionais de comércio eletrônico B2C, buscando verificar como as mesmas realizam as atividades de: processamento de pedidos, controle de estoques, localização de depósitos, embalagens, transporte, previsão da demanda, terceirização da logística e logística reversa. Os resultados obtidos mostram que, apesar das empresas de pequeno porte encontrarem dificuldades com as atividades logísticas, obtiveram desempenhos razoáveis quando comparadas com empresas maiores, sendo a internet uma grande oportunidade a ser explorada. Além disso, todas as empresas estudadas percebem a logística como elemento essencial para o sucesso no varejo virtual. Apesar de ter constatado que boa parte dos clientes virtuais necessita de entregas mais rápidas, foram detectados problemas que causam impacto direto no aumento do tempo de ciclos dos pedidos, como: pedidos parados até a concretização do pagamento, pedidosparados por falta de produtos, dificuldade de trânsito nos CDs e duplicidade de trabalho de carga e descarga. Também não foi detectado o uso de ferramentas e conceitos gerenciais que poderiam trazer benefícios às operações, como ECR ou SCM. Todas as empresas estudadas terceirizam suas atividades de transporte, tanto para a entrega dos pedidos, quanto para a logística reversa e para a escolha dos operadores logísticos o motivo predominante foi o preço cobrado, seguido da qualidade dos serviços e da cobertura geográfica atendida. Por outro lado, os resultados indicam que a maior parte dos Operadores Logísticos ainda não se adequaram às necessidades do comércio eletrônico. Assim, apesar dos resultados apresentados indicarem a existência de problemas com relação às atividades logísticas no comércio eletrônico, as empresas pesquisadas procuram resolver tais problemas , buscando cada qual soluções adequadas às novas necessidades. Neste contexto, o sucesso das empresas no varejo virtual, ainda em fase de crescimento, dependerá de suas habilidades em reconhecerem os problemas e saberem solucioná-los, por meio do aperfeiçoamento e adequação de suas operações
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.08.2005

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FEA20600028100T658.05678 S283n e.2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SCANDIUZZI, Fernando; OLIVEIRA, Márcio Mattos Borges de. Negócio eletrônico: a logística no comércio eletrônico business to consumer (B2C) em empresas nacionais. 2005.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.
    • APA

      Scandiuzzi, F., & Oliveira, M. M. B. de. (2005). Negócio eletrônico: a logística no comércio eletrônico business to consumer (B2C) em empresas nacionais. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Scandiuzzi F, Oliveira MMB de. Negócio eletrônico: a logística no comércio eletrônico business to consumer (B2C) em empresas nacionais. 2005 ;
    • Vancouver

      Scandiuzzi F, Oliveira MMB de. Negócio eletrônico: a logística no comércio eletrônico business to consumer (B2C) em empresas nacionais. 2005 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: