Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Caracterização de mecanismos de resistência à antimoniais em linhagens selecionadas de Leishmania (Viannia) braziliensis (2005)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: LOPES, WILTON CARLOS ZANETTI - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RBP
  • Subjects: LEISHMANIA BRASILIENSIS; BIOLOGIA MOLECULAR; BIOLOGIA CELULAR
  • Language: Português
  • Abstract: Espécies do protozoário Leishmania são os agentes responsáveis por um amplo espectro de manifestações clínicas denominadas leishmanioses. O tratamento desta doença é baseado na administração de antimoniais pentavalentes que podem causar uma série de efeitos colaterais em doses elevadas. O estudo da habilidade do parasita para escapar da ação de drogas é importante para o desenvolvimento de tratamentos efetivos. A Leishmania major quando submetida a altas concentrações do antimonial ou outras drogas não relacionadas, amplifica um locus de 48 kb denominado região H. Os genes contidos neste locus, PGPA, PTR1 e HTBF estão relacionados com a resistência à drogas. O gene PGPA confere resistência a antimoniais e está associado a vesículas da via endo-e exocíticas da célula do parasita. Em estudos anteriores demonstramos que, apesar da divergência de seqüência entre a L. major e L. (Viannia) braziliensis, a sintênia gênica é mantida na região H destas duas espécies. O objetivo do estudo aqui apresentado foi investigar o papel do gene PGPA na resistência a metais pesados em L. braziliensis. A participação do gene LbPGPA na resistência ao antimonial foi investigada através da submissão desta espécie do subgênero Viannia a pressão por droga. Usando um protocolo de seleção isolamos a linhagem de L. braziliensis resistente a 10 mg/ml do antimonial pentavalente (SbV). Nossos resultados indicaram que a resistência ao antimonial nestas linhagens celulares não esta associada à alteraçãodo influxo da droga ou da redução do SbV na forma tóxica trivalente (SbIII). Análises de Southern blotting revelaram que o PGPA não está amplificado nas linhagens resistentes a 10 mg/ml de SbV e análises de PFGE demonstraram que a linhagem resistente não carregava moléculas epissomais amplificadas. Linhagens celulares de L. major submetidas ao mesmo protocolo de seleção demonstrou claramente a formação de amplicons e um alto número de ... cópias do gene PGPA. O gene PGPA de L. major foi capaz de conferir resistência em L. braziliensis quando transfectado nesta espécie do subgênero Viannia. Estes resultados indicaram que todos os outros componentes relacionados à resistência mediada pelo PGPA estão presentes em L. braziliensis. Experimentos de resistência cruzada revelaram que, apesar da não amplificação dos genes PGPA ou HTBF linhagens de L. braziliensis resistentes ao antimonial também são resistentes a terbinafina. Desta forma nossos resultados sugerem que em L.braziliensis o mecanismo de amplificação não é favorecido no desenvolvimento da resistência a droga
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.09.2005

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200031340Lopes, Wilton Carlos Zanetti
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LOPES, Wilton Carlos Zanetti; TOSI, Luiz Ricardo Orsini. Caracterização de mecanismos de resistência à antimoniais em linhagens selecionadas de Leishmania (Viannia) braziliensis. 2005.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2005.
    • APA

      Lopes, W. C. Z., & Tosi, L. R. O. (2005). Caracterização de mecanismos de resistência à antimoniais em linhagens selecionadas de Leishmania (Viannia) braziliensis. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Lopes WCZ, Tosi LRO. Caracterização de mecanismos de resistência à antimoniais em linhagens selecionadas de Leishmania (Viannia) braziliensis. 2005 ;
    • Vancouver

      Lopes WCZ, Tosi LRO. Caracterização de mecanismos de resistência à antimoniais em linhagens selecionadas de Leishmania (Viannia) braziliensis. 2005 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: