Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A contribuição de Esdras à prática judaica (2005)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SCARDELAI, DONIZETE - FFLCH
  • USP Schools: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLO
  • Subjects: ANTIGO TESTAMENTO; PENTATEUCO; JUDAÍSMO; TALMUDE; MIDRASH
  • Language: Português
  • Abstract: A presente pesquisa busca investigar A Contribuição de Esdras à Prática Judaica, no livro bíblico de Esd-Ne e nos textos da tradição rabínica do talmude e Midrash Rabá. O objetivo é identificar, reunir e classificar os principais excertos contidos nestas três fontes e avançar o estudo sobre a figura de Esdras na tradição judaica. Os textos foram traduzidos e dispostos em ordem temática, e serão enfocados sob dois principais eixos temáticos, relacionados: Leitura da Tora e Proibição de casamentos com estrangeiras.Tendo em vista que, para o judaísmo rabínico, a história de Israel leva ao talmude, todo esse vasto patrimônio literário - livro de Esd-Ne, talmude e midrash Rabá - será avaliado e discutido sob uma perspectiva diacrônica. Este estudo tenta sustentar a hipótese de que a figura de Esdras representa peça chave na formação da consciência sócio-religiosa de Israel, no período do Segundo Templo. A organização institucional, legal e religiosa dos repatriados judeus está alicerçada no paradigma "Esdras, o Escriba", cujo exercício de legislador e porta-voz da Tora deu vida nova ao povo judeu. Esdras simboliza não só uma ponte geográfica, ligando dois universos judaicos: a diáspora babilônica e Judá. Ele também representa uma ponte temporal na história de Israel, imprescindível para compreender o povo judeu num momento crucial de sua existência: a transição entre o Israel do Primeiro Templo e o Israel do Segundo Templo.Em relação ao texto bíblico de Esd-Ne,será sustentada a hipótese de que as atividades do escriba Esdras)alicerçaram paradigmas que deram novos desdobramentos às diversas esferas da vida social e religiosa do povo judeu: práticas litúrgicas e comunitárias (Ne 8,1-8); atividade acadêmica centrada no estudo e interpretação da Tora (Ne 8,13ss; Esd 7,25-26; Ne 10). Esdras pode ser considerado, com justiça, o patrono da exegese rabínica. Suas atividades determinaram os rumos da exegese, antes de atingir o seu ápice, sob o patrocínio dos sábios tanaim e amoraim
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.12.2005

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FFLCH20900002238T SCARDELAI, DONIZETE 2005
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SCARDELAI, Donizete; BEREZIN, Jaffa Rifka. A contribuição de Esdras à prática judaica. 2005.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.
    • APA

      Scardelai, D., & Berezin, J. R. (2005). A contribuição de Esdras à prática judaica. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Scardelai D, Berezin JR. A contribuição de Esdras à prática judaica. 2005 ;
    • Vancouver

      Scardelai D, Berezin JR. A contribuição de Esdras à prática judaica. 2005 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: