Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Os serviços sociais de proteção à infância e adolescência: um estudo longitidunal da "organização do meio" de uma Casa-Abrigo (2005)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MATARAZZO, BETINA - FFCLRP
  • USP Schools: FFCLRP
  • Subjects: PSICOLOGIA EDUCACIONAL; ADOLESCENTE INSTITUCIONALIZADO; CRIANÇAS ABRIGADAS
  • Language: Português
  • Abstract: A formação específica para o trabalho com a população em situação de risco psicossocial é, sem dúvida, fundamental para a eficiência dos programas/serviços. Essa prática, no Brasil, não se encontra institucionalizada e padece de marcos referenciais. É freqüente a oferta de treinamento, mas o impacto qualitativo desses raramente é avaliado cientificamente. Nesta linha, o presente estudo objetiva verifica, longitudinalmente, os efeitos de uma formação em serviço, em que foi adotado um modelo específico para a área- a Psicoeducação. Assim, busca-se (a) analisar a qualidade da prática de um serviço, em momentos distintos, em termos de aquisições conceituais/metodológicas/técnicas, com vistas à consecução dos objetivos do programa; (b) comparar os dados dos diferentes momentos, visando detectar o impacto da formação, bem como a durabilidade das aquisições. O programa focado é o de uma casa-abrigo (ONG) para crianças/adolescentes, vítimas de maus-tratos, cujo corpo funcional é formado por pessoas contratadas (em média 5) e voluntários. Em termos metodológicos, dados sobre a estrutura e o funcionamento da casa foram coletados através da rotina, entrevistas com os agentes/usuários e análise documental, em quatro momentos distintos: 1995 (período prévio à formação intensiva, desenvolvida ao longo de 1996); 1997 (logo após a intervenção); 2001 (período de formação pontual, numa modalidade de supervisão quinzenal); e 2003 (após a total interrupção da formação).O conjunto de dados foi analisado, ano a ano, dentro da categoria "organização", de acordo com indicadores propostos pelo modelo Psicoeducativo. Servindo-se de uma escala para dimensionar a qualidade, os resultados são pontuados de acordo com características padronizadas dos indicadores. Esta quantificação permite uma comparação objetiva do funcionamento da casa-abrigo, nos períodos estudados. Os dados foram analisados por dois juízes. Os resultados indicam, a partir da avaliação dos indicadores (favorecimento à participação ativa dos jovens nas atividades, proposição de conteúdos apropriados/interessantes, uso de métodos educativos adequados, condições espaciais e temporais condizentes, estabelecimento de regras, responsabilidades e critérios de avaliação claros; elaboração de um sistema de reconhecimento, capacidade para lidar com efeitos de mudanças repentinas/imprevisibilidade, assim como de disponibilizar recursos da comunidade), que há uma nítida melhora na qualidade do serviço com a formação continuada, e que esta se mantém, e até se consolida, com o suporte das supervisões. Há, entretanto, um declínio qualitativo com a interrupção total da formação em serviço
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.12.2005

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FCLRP20800020801Matarazzo, Betina
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MATARAZZO, Betina; BAZON, Marina Rezende. Os serviços sociais de proteção à infância e adolescência: um estudo longitidunal da "organização do meio" de uma Casa-Abrigo. 2005.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2005.
    • APA

      Matarazzo, B., & Bazon, M. R. (2005). Os serviços sociais de proteção à infância e adolescência: um estudo longitidunal da "organização do meio" de uma Casa-Abrigo. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Matarazzo B, Bazon MR. Os serviços sociais de proteção à infância e adolescência: um estudo longitidunal da "organização do meio" de uma Casa-Abrigo. 2005 ;
    • Vancouver

      Matarazzo B, Bazon MR. Os serviços sociais de proteção à infância e adolescência: um estudo longitidunal da "organização do meio" de uma Casa-Abrigo. 2005 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: