Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Análise do teste de resistência genotípica do HIV-1 como método auxiliar na terapia anti-retroviral de resgate em condições reais de assistência (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PIRES NETO, ROBERTO DA JUSTA - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCM
  • Subjects: HIV; GENÉTICA MICROBIANA
  • Language: Português
  • Abstract: A infecção pelo HIV /aids é um dos mais importantes problemas de saúde pública em todo o mundo. Além do enorme contingente de portadores oficialmente notificados, milhões de indivíduos no mundo convivem com o HIV de forma assintomática, muitos destes sem conhecer seu estado de portador. O HIV apresenta grande heterogeneidade biológica devido ao fato de o mesmo possuir genoma com elevado potencial de variabilidade, foco de atenção de pesquisadores no mundo todo. Apesar dos significativos avanços no combate a aids, obtidos com o advento da terapia anti- retroviral, limitações existem e novos problemas surgiram. Dentre eles, a emergência de cepas virais resistentes aos medicamentos anti-retrovirais que surge a partir de mutação única ou acúmulo de mutações nos genes da transcriptase reversa e/ou protease. A resistência do HIV às drogas anti-retrovirais representa preocupante ameaça ao sucesso no controle da infecção pelo HIV obtido com a terapia anti- retróviral. Esta ameaça forçou pesquisadores a desenvolverem métodos laboratoriais capazes de detectar a presença de resistência do HIV a uma determinada droga. Estes métodos são denominados de testes de resistência do HIV aos anti-retrovirais. O objetivo deste estudo foi avaliar, em condições reais de assistência, o emprego do teste de resistência genotípica do HIV-1 como método auxiliar na terapia anti- retroviral de resgate de pacientes em situação de falha à essa terapia. Foram avaliados 112 portadores do HIV-1 emsituação de falha terapêutica. Parte destes pacientes foi submetida a resgate terapêutico guiado por teste de resistência genotípica do HIV-1. Verificou-se que a disponibilização de teste de resistência genotípica do HIV-1 para a rede pública foi viável, sendo o teste utilizado de forma ampla e universal e atendendo a critérios estabelecidos. O acesso ao teste de resistência genotípica do HIV-1 foi, de maneira geral, satisfatório e auxiliou na terapia ) de parcela significativa de pacientes portadores de infecção pelo HIV/aids, possibilitando tratamento de resgate mais adequado. O acesso ao teste de resistência genotípica do HIV-1 na rede pública foi, em parte, comprometido pela demora entre a solicitação e a liberação do resultado final. O perfil de resistência do HIV-1 às drogas anti-retrovirais foi variável e esteve relacionado com o grau de exposição prévia. Sexo masculino, antecedente de boa adesão à terapia anti-retroviral, uso prévio de até quatro drogas e não-exposição prévia às drogas da classe dos inibidores da transcriptas reversa não-análogos de nucleosídeos foram fatores relacionados a uma melhor resposta à terapia anti-retroviral de resgate guiada por teste de resistência genotípica do HIV-1. Em estudo comparativo, a terapia de resgate guiada por teste de resistência genotípica do HIV não foi superior à terapia de resgate convencional do ponto de vista da durabilidade. Estratégias devem ser desenvolvidas para o uso mais racional do teste deresistência genotípica do HIV-1 na rede pública
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.01.2006

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200031443Pires Neto, Roberto da Justa
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PIRES NETO, Roberto da Justa; FONSECA, Benedito Antonio Lopes da. Análise do teste de resistência genotípica do HIV-1 como método auxiliar na terapia anti-retroviral de resgate em condições reais de assistência. 2006.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2006.
    • APA

      Pires Neto, R. da J., & Fonseca, B. A. L. da. (2006). Análise do teste de resistência genotípica do HIV-1 como método auxiliar na terapia anti-retroviral de resgate em condições reais de assistência. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Pires Neto R da J, Fonseca BAL da. Análise do teste de resistência genotípica do HIV-1 como método auxiliar na terapia anti-retroviral de resgate em condições reais de assistência. 2006 ;
    • Vancouver

      Pires Neto R da J, Fonseca BAL da. Análise do teste de resistência genotípica do HIV-1 como método auxiliar na terapia anti-retroviral de resgate em condições reais de assistência. 2006 ;