Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Participação de mecanismos serotoninérgicos do núcleo parabraquial lateral na modulação das respostas neuroendócrinas e renais envolvidas no controle da homeostase dos líquidos corporais (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MARGATHO, LISANDRA OLIVEIRA - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RFI
  • Subjects: ENDOCRINOLOGIA (FISIOLOGIA)
  • Language: Português
  • Abstract: Neste estudo investigamos os efeitos de microinjeções bilaterais do agonista serotoninérgico 5HT2a/HT2c DOI (hidrocloreto de dimetoxi-4-iodoanfetamina) ou antagonista serotoninérgico metisergida no núcleo parabraquial lateral (NPBL), sobre a excreção cumulativa de sódio, potássio, volume, osmola1idade urinária em resposta à expansão isotônica do volume do líquido extracelular (EVEC) em ratos. Sete dias antes dos experimentos, cânulas de aço inoxidável foram colocadas bilateralmente no NPBL. Os resultados obtidos indicaram que os ratos pré-tratados com - metisergida (2,0 ou 8,2 nmol) no NPBL, apresentaram, em resposta à EVEC (NaCl 0,15M, 2ml/ 100g peso corporal), uma atenuação do aumento na excreção de sódio, potássio e volume urinário, normalmente observada em resposta à EVEC nos primeiros 20 min do início da coleta de urina. Os ratos pré-tratados com DOI (2,8 ou 14,0 nmol) no NPBL, apresentaram, em resposta à EVEC, um incremento na excreção de sódio, potássio e volume urinário nos primeiros 20 min da coleta de urina. Esses resultados sugerem que a metisergida reduz o aumento na excreção de água e eletrólitos em resposta à EVEC, no entanto, estes resultados também apresentam uma informação adicional sobre o papel dos mecanismos serotoninérgicos do NPBL no controle da homeostase dos líquidos corporais, como mostrado previamente pela facilitação da ingestão de sódio após o bloqueio dos mecanismos serotoninérgicos do NPBL (Menani e cols, 1996;1998)Paralelamente, foram conduzidos experimentos com o objetivo de se avaliar a participação do NPBL na mediação das alterações da concentração plasmática do peptídeo natriurético atrial (ANP), vasopressina (AVP) e ocitocina (OT), normalmente observados em resposta à EVEC. Os resultados obtidos a partir da dosagem de OT e ANP plasmáticos sugeriram que em animais que receberam injeções de metisergida (8,2 nmol) no NPBL houve uma atenuação na concentração plasmática de OT e ) e ANP, normalmente observada em resposta à EVEC e um aumento da concentração plasmática da AVP, em comparação aos valores obtidos nos animais controles. DOI (14,0 nmol) no NPBL induziu um incremento na concentração plasmática de OT e ANP e a concentração plasmática de AVP não foi modificada em resposta à EVEC, em comparação aos valores obtidos nos animais controles. Em adição, avaliamos a imunorreatividade a proteína c-Fos e a marcação citoplasmática para a ocitocina, vasopressina, serotonina (5HT) e tiro sina hidroxilase (TH) em diferentes regiões do sistema nervoso central. Os resultados demonstraram a participação de grupos celulares específicos (vasopressinérgicos-ocitocinérgicos) do núcleo paraventricular (NPV) e supraóptico (NSO), grupos celulares serotoninérgicos do núcleo dorsal da rafe (NDR) e catecolaminérgicos do núcleo do trato solitário (NTS) em resposta ao mesmo paradigma experimental descrito anteriormente. Os ratos que receberam injeções de DOI (14,0 nmol) no NPBL esubmetidos à EVEC, apresentaram . aumento significativo no número de neurônios imunorreativos (ir) à proteína c-Fos-OT na subdivisão medial magnocelular do NPV (PaMM) e no núcelo acessório comissural anterior (AC) em comparação aos ratos controles. Os resultados também mostraram aumento no número de neurônios ir-c-Fos-AVP em ratos que receberam injeções de metisergida (8,2 nmol) no NPBL na subdivisão lateral magnocelular do NPV (PaLM) e no NSO em comparação aos ratos controles em resposta à EVEC. Além disso, os ratos que receberam injeções de DOI no NPBL e submetidos à EVEC, apresentaram redução no número de neurônios ir-c-Fos-5HT no NDR em comparação aos animais tratados com veículo. Os ratos que receberam injeções de metisergida, apresentaram, em resposta à EVEC, aumento significativo no número de neurônios ir-c-Fos- TH no NTS, em comparação ao veículo. Nesse estudo identificamos também os grupos neuronais que ) apresentaram aumento na imunorreatividade à proteína c-Fos em resposta ao estímulo agudo da EVEC isotônica e que se projetam diretamente ao NPBL, utilizando para isso o marcador retrógrado de vias, Fluorogold (FG). As áreas prosencefálicas que foram ativadas em resposta à EVEC e projetaram-se para o NPBL foram amígdala central (ACe), PVN e o núcleo da estria terminal (BST) em comparação aos seus respectivos controles. As estruturas do tronco cerebral ir-c-Fos-FG em reposta à EVEC foram NTS, NDR e locus coeruleus (LC). Nossos resultados tambémmostraram o padrão de imunorreatividade tripla n o NDR: proteína c-Fos-FG-5H. Os resultados obtidos mostraram que os neurônios serotoninérgicos do NDR são ativados pela EVEC e conectam-se diretamente ao NPBL. Concluindo, os presentes resultados sugerem que o sistema serotoninérgico presente no NPBL constitui um dos responsáveis pela regulação neuroendócrina do volume dos líquidos orgânicos modulando a excreção de água e eletrólitos, bem como a liberação de AVP, OT e ANP em resposta à EVEC isotônica
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.01.2006

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200031447Margatho, Lisandra Oliveira
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARGATHO, Lisandra Oliveira; ANTUNES-RODRIGUES, José. Participação de mecanismos serotoninérgicos do núcleo parabraquial lateral na modulação das respostas neuroendócrinas e renais envolvidas no controle da homeostase dos líquidos corporais. 2006.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2006.
    • APA

      Margatho, L. O., & Antunes-Rodrigues, J. (2006). Participação de mecanismos serotoninérgicos do núcleo parabraquial lateral na modulação das respostas neuroendócrinas e renais envolvidas no controle da homeostase dos líquidos corporais. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Margatho LO, Antunes-Rodrigues J. Participação de mecanismos serotoninérgicos do núcleo parabraquial lateral na modulação das respostas neuroendócrinas e renais envolvidas no controle da homeostase dos líquidos corporais. 2006 ;
    • Vancouver

      Margatho LO, Antunes-Rodrigues J. Participação de mecanismos serotoninérgicos do núcleo parabraquial lateral na modulação das respostas neuroendócrinas e renais envolvidas no controle da homeostase dos líquidos corporais. 2006 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: