Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Variação temporal dos gradientes radiais de abundâncias a partir de nebulosas planetárias: O,S,Ar e Ne (2005)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: LAGO, LEONARDO GONÇALVES - IAG
  • USP Schools: IAG
  • Sigla do Departamento: AGA
  • Subjects: ABUNDÂNCIAS (ASTRONOMIA)
  • Language: Português
  • Abstract: Atualmente é bem aceita a existência de gradientes radiais de abundância em galáxias espirais, ou seja, variações da concentração de um dado elemento químico ao longo do raio galactocêntrico. Apesar disto, existem ainda divergências sobre a magnitude dos gradientes e suas variações espaciais e temporais em nossa galáxia. O estudo dos gradientes e suas variações constitui um dos principais vínculos observacionais para os modelos de evolução química da galáxia. Nesta dissertação, estudamos a variação temporal dos gradientes de abundância na Galáxia usando amostras de nebulosas planetárias. A amostra básica consta de 234 nebulosas de Maciel et al. (2003), para as quais a abundância de oxigênio foi convertida em metalicidade [Fe/H] usando uma correlação baseada em estrelas do disco. Com a abundância de ferro, a idade do objeto pode ser obtida por uma relação idade-metalicidade. Os objetos foram divididos em grupos de idades, para aumentar a confiabilidade dos resultados, e os gradientes determinados para cada grupo. Além da amostra básica, consideramos também, 3 outras amostras menores, mas homogênias, para examinar a influência da homogeneidade da amostra na determinação dos gradientes e suas variações. O trabalho original de Maciel et al. (2003) foi estendido no sentido de incluir as abundâncias de outros elementos, como S, Ar e Ne. Optamos também por desenvolver uma alternativa para a determinação das idades das estrelas progenitoras de nebulosasplanetárias. Nesta abordagem, determinamos a massa da estrela progenitora a partir da razão entre as abundâncias de nitrogênio e oxigênio, obtendo a idade da estrela a partir de sua massa. Como resultados, obtemos as idades e massas das estrelas progenitoras das nebulosas planetárias, bem como os gradientes para cada grupo de idade. Os resultados indicam que as idades determinadas a partir da razão N/O não podem ser comparadas individualmente com as idades obtidas ) a partir do método de idade-metalicidade descrito em Maciel et al. (2003), devido às incertezas no cálculo de idades absolutas. Entretanto a variação temporal dos gradientes, que é nosso objetivo principal neste trablho, não depende fortemente das idades absolutas individuais, mas apenas das idades relativas dos grupos de idade. Os gradientes obtidos para as nebulosas planetárias foram comparados com resultados obtidos a partir de outras classes de objetos, como aglomerados abertos, variáveis cefeidas, regiões HII e associações de estrelas OB. Concluímos que existem fortes evidências de que os gradientes radiais de abundâncias químicas no disco tendem a se achatar com a evolução da galáxia, em particular nos últimos 6 a 8 Ganos. Uma estimativa da taxa de variação nesse período está no intervalo de 0,005 a 0,010 dex 'kpc POT.-1'Gano POT.-1.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.10.2005

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IAG30200022673CD-ROM 308
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LAGO, Leonardo Gonçalves; MACIEL, Walter Junqueira. Variação temporal dos gradientes radiais de abundâncias a partir de nebulosas planetárias: O,S,Ar e Ne. 2005.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.
    • APA

      Lago, L. G., & Maciel, W. J. (2005). Variação temporal dos gradientes radiais de abundâncias a partir de nebulosas planetárias: O,S,Ar e Ne. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Lago LG, Maciel WJ. Variação temporal dos gradientes radiais de abundâncias a partir de nebulosas planetárias: O,S,Ar e Ne. 2005 ;
    • Vancouver

      Lago LG, Maciel WJ. Variação temporal dos gradientes radiais de abundâncias a partir de nebulosas planetárias: O,S,Ar e Ne. 2005 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: