Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Modelagem e controle de CO2 em câmaras de topo aberto utilizadas em estudos de fisiologia vegetal (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ROMANO, RODRIGO ALVITE - EP
  • USP Schools: EP
  • Sigla do Departamento: PCS
  • Subjects: IDENTIFICAÇÃO DE SISTEMAS; MUDANÇA CLIMÁTICA; DIÓXIDO DE CARBONO (REDUÇÃO); EFEITO ESTUFA
  • Language: Português
  • Abstract: As atividades sócio-econômicas vêm provocando alterações nocivas ao meio ambiente que atualmente assumem proporções mundiais. Graças à maciça utilização de combustíveis fósseis para a geração de energia e às crescentes práticas de desmatamento e queimadas das florestas, a concentração de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera vem aumentando drasticamente. Como este gás é o principal responsável pelo efeito estufa, ele tem grande importância nos estudos e na mitigação do aquecimento global. Para justificar o seqüestro de carbono como um dos caminhos para ajudar na solução deste problema, muitos estudos vêm sendo realizados para avaliar os efeitos nas plantas de uma maior concentração desse gás. As câmaras de topo aberto (OTC, do inglês, open top chambers) são estruturas propícias para tais estudos, pois permitem o controle da concentração de CO2 interno sem que outros fatores climáticos como temperatura, umidade e luminosidade sejam demasiadamente alterados. Este trabalho teve como objetivo o desenvolvimento de um sistema para controlar o nível de CO2 no interior de uma OTC. Em termos de instrumentação eletrônica, foram instalados um sensor de CO2 e uma válvula proporcional, integrados a uma placa de aquisição de dados. Um modelo linear relacionando o CO2 na câmara ao sinal elétrico aplicado à válvula proporcional foi obtido aplicando-se técnicas de Identificação de Sistemas aos dados experimentais coletados com o processo operando em malha aberta. Este modelo foiutilizado no projeto de um controlador com compensação de tempo morto, baseado na estrutura de um preditor de Smith. O desempenho do sistema projetado foi analisado através de simulações, antes de implementá-lo na forma de um instrumento virtual. Os testes mostraram que o sistema manteve a concentração de CO2 na câmara próxima do valor de referência (720 ± 35 ppm) mesmo diante de distúrbios externos criados propositadamente durante os ensaios
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.03.2006
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EPBC31200043445FD-4272
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ROMANO, Rodrigo Alvite; SARAIVA, Antonio Mauro. Modelagem e controle de CO2 em câmaras de topo aberto utilizadas em estudos de fisiologia vegetal. 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3141/tde-02052006-103459/ >.
    • APA

      Romano, R. A., & Saraiva, A. M. (2006). Modelagem e controle de CO2 em câmaras de topo aberto utilizadas em estudos de fisiologia vegetal. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3141/tde-02052006-103459/
    • NLM

      Romano RA, Saraiva AM. Modelagem e controle de CO2 em câmaras de topo aberto utilizadas em estudos de fisiologia vegetal [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3141/tde-02052006-103459/
    • Vancouver

      Romano RA, Saraiva AM. Modelagem e controle de CO2 em câmaras de topo aberto utilizadas em estudos de fisiologia vegetal [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3141/tde-02052006-103459/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: