Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Manutenção da saúde x comportamentos de risco em crianças: intervenção multifocal para dificuldades de interação no ambiente escolar (2004)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SILVARES, EDWIGES FERREIRA DE MATTOS - IP
  • USP Schools: IP
  • Subjects: ACONSELHAMENTO; CRIANÇAS; ESCOLAS
  • Language: Português
  • Abstract: As investigações encontradas na literatura sobre o relacionamento social infantil, particularmente entre os pares, têm revelado alta correlações entre interações sociais negativas nesta fase do desenvolvimento e a deliquência e psicopatologiana vida adulta, constituindo preocupação social recorrente. No Brasil, vários pesquisadores vêm enfocando essas questões, em virtude do crescimento dos índices de violência e do aumento da procura por serviços públicos de atendimento psicológico em consequência de queixas de agressividade e falahs acadêmicas. Essa pesquisa teve por objetivo avaliar um programa ampliado de intervenção clínica que foi realizado na comunidade visando incluir crianças rejeitadas por seus companheiros de turma. Participaram do estudo 26 crianças: 13 indicadas para atendimento por suas professoreas (grupo de atendimento psicológico infantil) e 13 consideradas como sem dificuldades (grupo de validação social). A intervenção envolveu a participação das professoras cuidadores e pares, no intuito de modificar a percepção destes diferentes agentes sociais a respeito da criança estigmatizada. Para tanto, foram adotados instrumentos de verificação direta e indireta do comportamento, antes e após a intervençaõ, assim como em seguimento de nove meses. A medida direta do comportamento foi obtida pela observação das crianças em sala de aula, gravada em vídeo-tape; para a medida indireta, utilizou-se o Child Behavior Cheklist (CBCL), o Teacher´s Report Form (TRF) e a avaliação sociométrica por nomeação, aplciados aos pais professoras e colegas de turma, respectivamente. No ínicio do trabalho, o grupo de validação social mostrou-se mais competente em suas relações com os colegas e com menos dificuldades comportamentais quando comparado ao grupo de atendimento. Este, por sua vez, caracterizou-se predominantemente por crianças rejeitadas e negligenciadas, com maisdificuldades escolares. Posteriormente à intervenção, observaram-se mudanças significativas na percepção dos cuidadores das crianças dos grupo de atendimento quanto à competência socia (p=0,0001), aos comportamentos internalizantes (p=0,0001) e externalizantes (p=0,001). Na percepção das professoras as alterações mais significativas verificadas logo após o tratamento ocorreram no desempenho acadêmico, com p=0,04, mantendo-se no seguimento de nove meses, com p=0,005. Nesta área, 64% das crianças saíram da condição clínica em que se encontravam na linha de base. Quanto à aceitação dos pares registrou-se melhora relevante no perfil do grupo de atendimento predominantemente rejeitado e negligenciado antes do tratamento. Após a intervenção 87, 5% destas crianças saíram desta condição no seguimento 62, 5% continuaram fora do perfil inicial do grupo. Estes resultados demonstram que este grupo se aproximou do perfil do grupo de validação, caracterizado pelas categorias controversa e popular. A análise estatística da observação direta do comportamento corrobora estes dados, demonstrando melhora nas categorias positivas de interação aluno-aluno e aluno-professor (p=0,0001). isto também ocorreu no engajamento dos alunos nas tarefas de sala de aula (p=0,01). Apesar de algumas limitações, os resultados positivos alcançados pelo programa logo após a intervenção indicam a eficácia do atendimento multifocal baseado na mudança da percepção dos agentes importantes no convívio infantil. Este fato é ratificado pelos dados de seguimento, considerando a manutenção dos ganhos ao longo do tempo, tanto no ambiente familiar quanto escolar
  • Imprenta:
  • Source:
  • Conference titles: Congresso Nacional de Psicologia da Saúde

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IP12300033494Resumo digitado (AM=SEd/154)
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVARES, Edwiges Ferreira de Mattos; MELO, Márcia Helena da Silva. Manutenção da saúde x comportamentos de risco em crianças: intervenção multifocal para dificuldades de interação no ambiente escolar. Anais.. Lisboa: [s.n.], 2004.
    • APA

      Silvares, E. F. de M., & Melo, M. H. da S. (2004). Manutenção da saúde x comportamentos de risco em crianças: intervenção multifocal para dificuldades de interação no ambiente escolar. In Resumos. Lisboa.
    • NLM

      Silvares EF de M, Melo MH da S. Manutenção da saúde x comportamentos de risco em crianças: intervenção multifocal para dificuldades de interação no ambiente escolar. Resumos. 2004 ;
    • Vancouver

      Silvares EF de M, Melo MH da S. Manutenção da saúde x comportamentos de risco em crianças: intervenção multifocal para dificuldades de interação no ambiente escolar. Resumos. 2004 ;