Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Aspectos morfométricos e neuroquímicos do complexo de Deiters em encéfalo de pinto (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PASSETTO, MARIA DE FÁTIMA - IP
  • USP Schools: IP
  • Sigla do Departamento: PSE
  • Subjects: VESTIBULAR; EQUILÍBRIO; NEUROTRANSMISSORES
  • Language: Português
  • Abstract: O complexo nuclear em vertebrados é composto de quatro núcleos principais: núcleo vestibular superior, núcleo vestibular lateral, núcleo vestibular medial e núcleo vestibular descendente, cuja função é modulada por projeções glutamatérgicas oriundas dos receptores vestibulares primários. Em aves, na espécie Gallus gallus, o núcleo vestibular lateral é subdividido em núcleo dorsal de Deiters e núcleo ventral de Deiters, denominados em conjunto como complexo de Deiters (CD). Embora este complexo envie maciça projeção eferente para várias áreas do sistema nervoso central envolvidas na regulação postural, ainda são escassas as informações sobre a sua citoarquitetura, morfometria e organização do sistema glutamatérgico, como a distribuição das subunidades GluR1- GluR4_ do receptor glutamatérgico do tipo AMPA. Encéfalos de pinto (n=14) previamente perfundidos com salina seguida de fixador foram seccionados em micrótomo de congelamento, com espessura de 40µm. Usando colocação por Giemsa foi determinado o número de neurônios de cada subdivisão do CD (n=4), e o tamanho e forma celulares (n=6). Por meio do método imuno-histoquímico foi analisada a distribuição das subunidades GluR1- GluR4 nos núcleos dorsal e ventral de Deiters na sua extensão rostro-caudal e látero-medial. Nossos dados mostraram que o CD em pinto é constituído aproximadamente de 2.325 células, que variam em tamanho de pequeno a gigante (11,9µm -83,3µm), com formas que variam dearredondadas, alongadas a triangulares. Em ambos os núcleos, todos os tipos de células mostraram forte imunorreatividade para as subunidades GluR2/3 e GluR4, com diferentes distribuições nos dois núcleos, com poucas células imuno-positivas para GluR1. Nossos dados indicam que pelo menos parte da modulação ) glutamatérgica nos neurônios do CD é feita com a participação das subunidades GluR2/3 e GluR4 e que sua distribuição diferenciada dos núcleos dorsal e ventral de Deiters, associada com as diferenças citoarquitetônicas e morfométricas, sugere diferentes funções desses núcleos na regulação do controle postural em pintos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.03.2006

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IP12300016231T QP471 P287a e.2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PASSETTO, Maria de Fátima; BRITTO, Luiz Roberto G. Aspectos morfométricos e neuroquímicos do complexo de Deiters em encéfalo de pinto. 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.
    • APA

      Passetto, M. de F., & Britto, L. R. G. (2006). Aspectos morfométricos e neuroquímicos do complexo de Deiters em encéfalo de pinto. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Passetto M de F, Britto LRG. Aspectos morfométricos e neuroquímicos do complexo de Deiters em encéfalo de pinto. 2006 ;
    • Vancouver

      Passetto M de F, Britto LRG. Aspectos morfométricos e neuroquímicos do complexo de Deiters em encéfalo de pinto. 2006 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: