Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Purificação da enzima glicose-6-fosfato desidrogenase por sistemas micelares de duas fases aquosas contendo ligantes de afinidade (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: LOPES, ANDRÉ MORENI - FCF
  • USP Schools: FCF
  • Sigla do Departamento: FBT
  • Subjects: ENZIMOLOGIA; BIOTECNOLOGIA; TENSOATIVOS
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho teve como objetivo a purificação da enzima glicose-6-fosfato desidrogenase pela tecnologia de extração líquido-líquido em Sistemas Micelares de Duas Fases Aquosas (SMDFA). Estes sistemas são constituídos por soluções de tensoativos contendo micelas e oferecem ambientes hidrofóbico e hidrofílico, o que possibilita seletividade na partição da enzima de acordo com sua hidrofobicidade e proporciona um ambiente ameno às biomoléculas. Foram estudados alguns dos fatores que influenciam a partição da G6PD, como: tipo e concentração de diferentes agentes tensoativos não-iônicos ('C IND.10''E IND.4' e Triton X-114), temperatura e adição de ligantes de afinidade (cibacron blue e procion red) e o efeito da adição dos sais sulfato de amônio ('(N'H IND.4')IND.2'S'0 IND.4') e sulfato de sódio ('Na IND.2'S'0 IND.4'). Estudou-se ainda a síntese do tensoativo de afinidade TX-114-Blue. Em todos os ensaios a enzima foi recuperada preferencialmente na fase diluída, pobre em micelas, tanto em sistema Triton X-114/tampão como para 'C IND.10''E IND.4'/tampão, no qual existe maior volume disponível, resultando em valores de 'K.IND.G6PD' inferiores a 1. A utilização dos ligantes de afinidade na partição da G6PD nos sistemas descritos proporcionou um pequeno aumento nos valores de 'K.IND.G6PD' da enzima, porém com valores inferiores a 1. Os sistemas Triton X-114/Sal não influenciaram a partição da enzima para a fase micelar, apesar da existência da diferença depotencial eletrostático entre as fases destes sistemas. O efeito desempenhado pelo volume de exclusão foi dominante em todos os sistemas estudados e, portanto, a enzima foi predominantemente excluída para a fase aquosa, pobre em micelas. A tecnologia por SMDFA para a purificação do homogeneizado celular de S. cerevisiae demonstrou ser eficiente em recuperar a biomolécula alvo na fase aquosa, pobre em micelas, permitindo separar da presença de biomoléculas ) ou mesmo de contaminantes com caráter hidrofóbico. Dessa forma, o SMDFA pode ser empregado como uma possível etapa de purificação num processo biotecnológico
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.03.2006
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    CQ30100011565T 660.63e L864p
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LOPES, André Moreni; PESSOA JÚNIOR, Adalberto. Purificação da enzima glicose-6-fosfato desidrogenase por sistemas micelares de duas fases aquosas contendo ligantes de afinidade. 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9135/tde-17042006-125406/ >.
    • APA

      Lopes, A. M., & Pessoa Júnior, A. (2006). Purificação da enzima glicose-6-fosfato desidrogenase por sistemas micelares de duas fases aquosas contendo ligantes de afinidade. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9135/tde-17042006-125406/
    • NLM

      Lopes AM, Pessoa Júnior A. Purificação da enzima glicose-6-fosfato desidrogenase por sistemas micelares de duas fases aquosas contendo ligantes de afinidade [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9135/tde-17042006-125406/
    • Vancouver

      Lopes AM, Pessoa Júnior A. Purificação da enzima glicose-6-fosfato desidrogenase por sistemas micelares de duas fases aquosas contendo ligantes de afinidade [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9135/tde-17042006-125406/