Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estabilização primária da diáfise umeral: Estudo experimental de diferentes métodos de osteossíntes (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ULIAN, VILSON - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RAL
  • Subjects: ÚMERO; FIXAÇÃO DE FRATURA; BIOMECÂNICA (TESTES)
  • Language: Português
  • Abstract: Este estudo experimental foi idealizado com o objetivo de avaliar a estabilização relativa primária da diáfise umeral com três diferentes métodos de osteossíntese, representados por uma placa tipo DCP aplicada com técnica em ponte e que já está sendo utilizada na prática clínica apesar de não ter sido encontrada referência em literatura sobre estudos experimetais com placas em ponte. O segundo material utilizado foi uma síntese elástica, também incomum, denominada de SPS®, também aplicada em forma de ponte e que não foi encontrado similar na literatura. Um terceiro material utilizado foi uma haste intramedular com um incomum método de bloqueio proporcionado por um parafuso cortical distalmente e por um fio do tipo Ender proximalmente. Para esse fim foram coletados 21 pares de úmeros humanos de cadáveres a fresco, respeitando-se a normalização bioética da doação e coleta de material humano, bem como as normas de funcionamento do CEMEL-Centro de Medicina Legal da FMRP. Os espécimes coletados foram preparados e adequadamente armazenados no laboratório de bioengenharia da FMRP, onde também foram realizados os procedimentos de osteotomia e aplicação das técnicas cirúrgicas para montagem das sínteses ósseas, obedecendo as especificações técnicas próprias de cada material. Com a utilização de uma máquina universal de ensaios EMIC® DL 10000, os três grupos foram submetidos a ensaios não destrutivos de flexo-compressão e de torção, com limites de carga de 200 N e 100 Nrespectivamente, que numa primeira fase foram denominados de experimentos primários e num mecanismo de "crossing" foram submetidos secundariamente a novos ensaios, amparados por análise estatística. Os resultados obtidos para o grupo da placa DCP em ponte mostraram boa resistência às cargas aplicadas, comportamento este seguido pelo grupo da síntese elástica que apesar de mostrar índices maiores de deformação, apresentou grande capacidade elástica. O grupo da haste intramedular mostrou bons resultados nos ensaios de flexo-compressão devido ao mecanismo de tutor das hastes intramedulares, mas não mostrou resistência às cargas de torção
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 31.05.2006

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200032369ULIAN, VILSON
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ULIAN, Vilson; MAZZER, Nilton. Estabilização primária da diáfise umeral: Estudo experimental de diferentes métodos de osteossíntes. 2006.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2006.
    • APA

      Ulian, V., & Mazzer, N. (2006). Estabilização primária da diáfise umeral: Estudo experimental de diferentes métodos de osteossíntes. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Ulian V, Mazzer N. Estabilização primária da diáfise umeral: Estudo experimental de diferentes métodos de osteossíntes. 2006 ;
    • Vancouver

      Ulian V, Mazzer N. Estabilização primária da diáfise umeral: Estudo experimental de diferentes métodos de osteossíntes. 2006 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: