Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Percorrendo os trilhos da ferrovia rumo às associações entre longevidade humana e fatores ambientais (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PATRICIO, KARINA PAVÃO - FSP
  • USP Schools: FSP
  • Sigla do Departamento: HSA
  • Subjects: MEIO AMBIENTE; FERROVIAS; MEDIDAS EM EPIDEMIOLOGIA; ENVELHECIMENTO; QUALIDADE DE VIDA; PERCEPÇÃO SOCIAL; PESQUISA QUALITATIVA; SAÚDE AMBIENTAL (HISTÓRIA); SAÚDE AMBIENTAL (TENDÊNCIAS)
  • Language: Português
  • Abstract: Preocupações com o envelhecimento populacional, que cresce rapidamente nos países em desenvolvimento, aliado à intensa degradação do meio ambiente, levaram ao delineamento desta pesquisa. Inicialmente, procurou-se discutir e compreender o processo de envelhecimento individual e populacional, estudando suas teorias: por que e como envelhecemos e alcançamos a longevidade. Destaca-se os fatores associados positivamente à longevidade: restrição alimentar, genética e hereditariedade, hábitos de vida, engajamento social, entre outros. E condicionantes negativos, situações de exposição opostas a estas, dentre as quais a poluição merece destaque pela morbimortalidade a ela associada, podendo encurtar o tempo de vida. Destaca-se a complexidade dos problemas ambientais e necessidade de romper com o reducionismo, avançado na saúde ambiental e seus indicadores. O objetivo do presente estudo foi compreender as possíveis associações entre fatores ambientais e aumento da longevidade humana, segundo a perspectiva de um grupo de longevos ferroviários. Questionário semi-estruturado foi aplicado a amostra mais homogênea de longevos (30 ex-ferroviários aposentados da Estrada de Ferro Sorocabana de Botucatu). Caracterizou-se a vida desses indivíduos e resgatou-se a importante história da ferrovia, buscando evidências de associações entre meio ambiente, saúde e longevidade, por intermédio de metodologia qualitativa. Utilizando a Grounded Theory, emergiram três fenomênos, retratados apartir da experiência dos entrevistados:aniquilando a vida, gerando vida, faltando controle social e do estado. Estes longevos percebem o aniquilamento atual do meio ambiente, da ferrovia e até da própria vida, desencadeado pela falta de controle social e do Estado, aliado à falta de consciência coletiva, empreendido pelo movimento da ideologia capitalista do lucro a qualquer custo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.05.2006
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FSP11800037545Dr 786
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PATRÍCIO, Karina Pavão; RIBEIRO, Helena. Percorrendo os trilhos da ferrovia rumo às associações entre longevidade humana e fatores ambientais. 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6134/tde-12072010-171311/ >.
    • APA

      Patrício, K. P., & Ribeiro, H. (2006). Percorrendo os trilhos da ferrovia rumo às associações entre longevidade humana e fatores ambientais. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6134/tde-12072010-171311/
    • NLM

      Patrício KP, Ribeiro H. Percorrendo os trilhos da ferrovia rumo às associações entre longevidade humana e fatores ambientais [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6134/tde-12072010-171311/
    • Vancouver

      Patrício KP, Ribeiro H. Percorrendo os trilhos da ferrovia rumo às associações entre longevidade humana e fatores ambientais [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6134/tde-12072010-171311/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: