Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Expressão da proteína Fos em cérebro de ratos expostos ao labirinto em cruz elevado na presença e ausência de iluminação (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: RODRIGUEZ, JAVIER LEONARDO RICO - FFCLRP
  • USP Schools: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: PSICOBIOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: O modelo de ansiedade labirinto em cruz elevado é sensível a múltiplas variáveis que geram alterações no comportamento dos animais, uma delas é a iluminação do ambiente. Ratos testados no labirinto na ausência de luz exibem um aumento da exploração dos braços abertos. No presente trabalho foram investigados os efeitos da presença ou ausência de iluminação sobre o comportamento de ratos testados no labirinto em cruz elevado. Além do uso do modelo de ansiedade, utilizou-se a técnica imunohistoquímica de marcação de proteína Fos em diversas regiões do cérebro de ratos. De um modo geral, houve um aumento na porcentagem de entradas e tempo de permanência nos braços abertos e aumento da expressão de Fos no cérebro de animais que foram testados no labirinto em cruz elevado na ausência de luz. Os dados apresentados apoiariam a hipóteses de que a diferencia comportamental exibida por ratos testados no labirinto em cruz elevado, na presencia ou na ausência de iluminação, parece envolver o funcionamento de dois sistemas. Um deles explicaria a mascaragem negativa (negative masking), ou a inibição da locomoção na presencia de luz, aclarando que, além da locomoção, existiria um compromisso de sistemas que medeiam a aversão. Assim, esse sistema permitiria uma resposta comportamental rápida e adaptativa em animais noturnos, caracterizada por imobilidade, avaliação de risco e aumento de ansiedade. Os dados encontrados indicam que estruturas sensíveis a estímulos luminososcomo a lâmina intergeniculada, e núcleos da área pré-tectal poderiam ativar o sistema de inibição comportamental. Um outro sistema explicaria a a mascaragem positiva (positive masking), ou o aumento da locomoção na ausência de luz. Os dados indicam que em ambientes escuros existe uma menor inibição do comportamento. Na escuridão, os animais respondem com um aumento da exploração e diminuição da ansiedade. É possível sugerir que a ausência de luz ativa o ) sistema de aproximação comportamental, aumentado a expressão de Fos em núcleos das amígdalas e hipotálamo. Estudos posteriores precisam estudar os mecanismos pelos que a ausência de luz afeta diretamente a expressão de proteína Fos no complexo amigdaliode
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.06.2006
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FCLRP20800021717Rodriguez, Javier Leonardo Rico
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RODRIGUEZ, Javier Leonardo Rico; CARVALHO, Silvio Morato de. Expressão da proteína Fos em cérebro de ratos expostos ao labirinto em cruz elevado na presença e ausência de iluminação. 2006.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-10102006-162051/ >.
    • APA

      Rodriguez, J. L. R., & Carvalho, S. M. de. (2006). Expressão da proteína Fos em cérebro de ratos expostos ao labirinto em cruz elevado na presença e ausência de iluminação. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-10102006-162051/
    • NLM

      Rodriguez JLR, Carvalho SM de. Expressão da proteína Fos em cérebro de ratos expostos ao labirinto em cruz elevado na presença e ausência de iluminação [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-10102006-162051/
    • Vancouver

      Rodriguez JLR, Carvalho SM de. Expressão da proteína Fos em cérebro de ratos expostos ao labirinto em cruz elevado na presença e ausência de iluminação [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-10102006-162051/