Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Metrics


Metrics:

Sistemas de informação e mortalidade perinatal:: conceitos e condições de uso em estudos epidemiológicos (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ALMEIDA, MARCIA FURQUIM DE - FSP
  • USP Schools: FSP
  • DOI: 10.1590/s1415-790x2006000100008
  • Subjects: MORTALIDADE PERINATAL; SAÚDE PÚBLICA; SISTEMAS DE INFORMAÇÃO; NOTIFICAÇÃO DE DOENÇAS; QUALIDADE DO PRODUTO
  • Language: Português
  • Abstract: O monitoramento da mortalidade perinatal depende da qualidade dos dados dos sistemas de informação. As diferentes definições para a notificação e cálculo da mortalidade perinatal podem afetar a magnitude e análise dos seus componentes. Comparou-se a disponibilidade de informações sobre nascidos vivos, óbitos fetais e neonatais precoces no Registro Civil, SIM e SINASC para oito unidades da federação com cobertura de eventos acima de 90 por cento, em 2002. Verificou-se que o SINASC apresenta maior cobertura de eventos que o registro civil e excelente completude de dados (superior a 99 por cento). O SIM apresenta situação distinta, há elevada ausência de informação sobre peso ao nascer (23,4 por cento), idade gestacional (9,1 por cento), idade da mãe (18,5 por cento), tipo de gravidez (13,8 por cento) e anos de estudo da mãe (40,6 por cento), para os óbitos fetais. Os óbitos neonatais precoces apresentam comportamento semelhante, com ausência do registro do peso ao nascer em 22,6 por cento, idade gestacional (17,8 por cento), tipo de gravidez (19,1 por cento), idade (27,9 por cento) e escolaridade da mãe (38,5 por cento). Não foi possível caracterizar se os óbitos fetais eram intra-parto ou ante-parto por falta de informação. No entanto, estes dados poderiam ser facilmente obtidos, pois mais de 95 por cento dos eventos ocorreram em estabelecimentos hospitalares. Os critérios para notificação de óbitos fetais e nascidos vivos nos sistemas de informação dificultam a comparaçãointernacional da magnitude e da participação de seus componentes da mortalidade perinatal. A ausência de informações compromete a obtenção de indicadores específicos, dificultando as atividades de monitoramento. Algumas atividades são indicadas para o aprimoramento do SIM
  • Imprenta:
  • Source:
  • Acesso online ao documento

    DOI or search this record in
    Informações sobre o DOI: 10.1590/s1415-790x2006000100008 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold
    • Licença: cc-by
    Informações sobre o Citescore
  • Título: Revista Brasileira de Epidemiologia

    ISSN: 1415-790X

    Citescore - 2017: 1.06

    SJR - 2017: 0.605

    SNIP - 2017: 0.938


  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FSP1529970-20HEP-19/2006
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALMEIDA, Márcia Furquim de; ALENCAR, Gizelton Pereira; NOVAES, Hillegonda Maria Dutilh; ORTIZ, Luís Patricio. Sistemas de informação e mortalidade perinatal:: conceitos e condições de uso em estudos epidemiológicos. Revista Brasileira de Epidemiologia, São Paulo, v. 9, n. 1, p. 56-68, 2006. DOI: 10.1590/s1415-790x2006000100008.
    • APA

      Almeida, M. F. de, Alencar, G. P., Novaes, H. M. D., & Ortiz, L. P. (2006). Sistemas de informação e mortalidade perinatal:: conceitos e condições de uso em estudos epidemiológicos. Revista Brasileira de Epidemiologia, 9( 1), 56-68. doi:10.1590/s1415-790x2006000100008
    • NLM

      Almeida MF de, Alencar GP, Novaes HMD, Ortiz LP. Sistemas de informação e mortalidade perinatal:: conceitos e condições de uso em estudos epidemiológicos. Revista Brasileira de Epidemiologia. 2006 ; 9( 1): 56-68.
    • Vancouver

      Almeida MF de, Alencar GP, Novaes HMD, Ortiz LP. Sistemas de informação e mortalidade perinatal:: conceitos e condições de uso em estudos epidemiológicos. Revista Brasileira de Epidemiologia. 2006 ; 9( 1): 56-68.

    Referências citadas na obra
    Autor: Kramer MS
    Título: Analysis of perinatal mortality and its components: time for a change?
    Título do periódico: Am J Epidemiol
    Volume: 156
    Primeira página: 493
    Ano: 2002
    Ano: 1980
    Ano: 1994
    Autor: Buitendijk S
    Título: Indicators of fetal infant health outcomes
    Título do periódico: Eur J Obstet Gynecol Reprod Biol
    Volume: 111
    Primeira página: S66
    Ano: 2003
    Autor: Martin JA
    Título: The national fetal death file
    Título do periódico: Sem Perinatol
    Volume: 26
    Fascículo: 1
    Primeira página: 3
    Ano: 2002
    Autor: Ahlenius I
    Título: The changing panorama of late fetal death in Sweden between 1984 and 1991
    Título do periódico: Acta Obstet Gynecol Scand
    Volume: 78
    Primeira página: 408
    Ano: 1999
    Autor: Kramer MS
    Título: Registrtion artifacts in international comparisons of infant mortality
    Título do periódico: Paediatr Perinat Epidemiol
    Volume: 16
    Primeira página: 16
    Ano: 2002
    Ano: 2005
    Autor: Macfarlane A
    Título: The availability of perinatal health indicators in Europe
    Título do periódico: Eur J Obstet Gynecol Reprod Biol
    Volume: 111
    Primeira página: S15
    Ano: 2003
    Autor: Richardus JH
    Título: Differences in perinatal mortality and suboptimal care between 10 European regions: results of an international audit
    Título do periódico: Br J Obstet Gynaecol
    Volume: 110
    Primeira página: 97
    Ano: 2003
    Autor: Elferink-Stinkens PM
    Título: The perinatal database of the Netherlands
    Título do periódico: Eur J Obstet Gynecol
    Volume: 94
    Primeira página: 125
    Ano: 2001
    Autor: Borrell C
    Título: Social Inequalities in perinatal mortality in Southern European City
    Título do periódico: Eur J Epidemiol
    Volume: 18
    Primeira página: 5
    Ano: 2003
    Título: Sistema Informático Perinatal
    Título do periódico: Salud Perinatal
    Volume: 18
    Primeira página: 25
    Ano: 2000
    Autor: Anthony S
    Título: The reliability of prenatal and neonatal mortality rates: differential under-reporting in linked professional registers vs. Dutch civil registers
    Título do periódico: Paediatr Perinat Epidemiol
    Volume: 15
    Primeira página: 306
    Ano: 2001
    Autor: Cnattingius S
    Título: The epidemiology of stillbirth
    Título do periódico: Semin Perinatol
    Volume: 26
    Primeira página: 25
    Ano: 2002
    Autor: Barfield WD
    Título: Contribution of late fetal deaths to US perinatal mortality rates, 1995-1998
    Título do periódico: Semin Perinatol
    Volume: 26
    Primeira página: 17
    Ano: 2002
    Autor: Zeitlin J
    Título: Selecting an indicator set for monitoring and evaluating perinatal health in Europe: criteria, methods and results from the PERISTAT project
    Título do periódico: Eur J Obstet Gynecol Reprod Biol
    Volume: 111
    Primeira página: S5
    Ano: 2003
    Autor: Rankin J
    Título: Perinatal mortality rates: adjusting for risk factor profile is essential
    Título do periódico: Paediatr Perinat Epidemiol
    Volume: 19
    Primeira página: 56
    Ano: 2005
    Autor: Garne E
    Título: Perinatal mortality rates can no longer be used for comparing quality of perinatal health services between countries
    Título do periódico: Paediatr Perinat Epidemiol
    Volume: 15
    Primeira página: 315
    Ano: 2001
    Ano: 2004
    Ano: 2003
    Ano: 2005
    Autor: Piper JM
    Título: Validation of 1989 Tennessee Birth certificates using maternal and newborn hospital records
    Título do periódico: Am J Epidemiol
    Volume: 137
    Fascículo: 7
    Primeira página: 758
    Ano: 1993
    Ano: 2005
    Autor: Laurenti R
    Ano: 2005
    Autor: Mello Jorge MHP
    Título: Avaliação do sistema de informação sobre nascidos vivos e o uso de seus dados em epidemiologia e estatísticas de saúde
    Título do periódico: Rev Saude Publica
    Volume: 27
    Fascículo: Supl.
    Primeira página: 1
    Ano: 1993
    Autor: Silva RI
    Título: Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos na cidade do Rio de Janeiro 1993/1996
    Título do periódico: Informe Epidemiológico do SUS
    Volume: 2
    Primeira página: 34
    Ano: 1997
    Autor: Theme Filha MM
    Título: Confiabilidade do sistema de informações sobre nascidos vivos hospitalares no município do Rio de Janeiro 1999-2001
    Título do periódico: Cad Saúde Pública
    Volume: 20
    Primeira página: 583
    Ano: 2004
    Autor: Almeida MF de
    Ano: 1995
    Autor: Almeida MF
    Título: O uso da técnica de linkage de sistemas de informação em estudos de coorte sobre a mortalidade neonatal
    Título do periódico: Rev Saúde Pública
    Volume: 30
    Primeira página: 141
    Ano: 1996
    Autor: Morais Neto OL
    Título: Risk factors for neonatal and post neonatal mortality in the Central-West region of Brazil: linked use of life-birth and infant death records
    Título do periódico: Cad Saúde Pública
    Volume: 16
    Fascículo: 2
    Primeira página: 477
    Ano: 2000
    Autor: Graafmans WC
    Título: Comparability of published perinatal mortality rates in Wertern Europe: the quantitative impact of differences in gestational age and birthweight criteria
    Título do periódico: Br J Obstet Gynaecol
    Volume: 108
    Primeira página: 1237
    Ano: 2001
    Autor: Phelan ST
    Título: Perinatal mortality and its relationship to reporting of low-birthweight infants
    Título do periódico: Am J Public Health
    Primeira página: 1236
    Ano: 1998
    Autor: Pinheiro AMCM
    Ano: 2004
    Autor: Almeida MF
    Título: Partos domiciliares acidentais na região sul do município de São Paulo
    Título do periódico: Rev Saúde Pública
    Volume: 39
    Fascículo: 3
    Ano: 2005
    Autor: Silva AAM
    Título: Why are the low birthweight rates in Brazil higher in richer than in poorer municipalities? Exploring the epidemiological paradox of low birthweight
    Título do periódico: Paediatr Perinat Epidemiol
    Volume: 19
    Primeira página: 43
    Ano: 2005
    Autor: Liu S
    Título: Secular trends in congenital anomaly-related fetal and infant mortality in Canada, 1985-1996
    Título do periódico: Am J Med Genetics
    Volume: 104
    Primeira página: 7
    Ano: 2001
    Autor: Liu S
    Título: Relationship of prenatal diagnosis and pregnancy termination to overall infant mortality in Canada
    Título do periódico: JAMA
    Volume: 287
    Primeira página: 1561
    Ano: 2002
    Autor: Novaes HMD
    Título: Social impacts of technological diffusion: prenatal diagnosis and induced abortion in Brazil
    Título do periódico: Soc Sci Med
    Volume: 50
    Primeira página: 41
    Ano: 2000
    Ano: 2000