Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação da resistência à fratura de dentes com condutos alargados e reconstruídos com pinos de fibras de vidro pré-fabricados (associados a pinos acessórios ou fitas de fibras) ou com pinos anatômicos (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: KAIZER, OSVALDO BAZZAN - FOB
  • USP Schools: FOB
  • Sigla do Departamento: BAP
  • Subjects: FRATURAS DOS DENTES (RESISTÊNCIA); PINOS DENTÁRIOS; FIBRA DE VIDRO (ODONTOLOGIA)
  • Language: Português
  • Abstract: Avaliou-se a resistência à fratura de dentes tratados endodonticamente e reconstruídos com núcleos metálicos fundidos ou com diferentes procedimentos restauradores empregando pinos de fibras de vidro. Selecionaram-se 50 dentes caninos seccionados na junção cemento-esmalte, tratados endodonticamente e fixados em blocos de resina acrílica. Os dentes foram distribuídos aleatoriamente em cinco grupos, subdividididos de acordo com o tratamento instituído (10 espécimes cada): 1) núcleo metálico fundido com liga de Ni-Cr (grupo controle); 2) pino de fibras de vidro convencional FibreKor n° 2 (1,25mm de diâmetro); 3) pino de fibras de vidro envolvido por fitas de fibras de vidro (Interlig); 4) pino de fibras de vidro combinado com pinos acessórios de fibras de vidro (Reforpin); 5) pino anatômico (pino de fibras de vidro reembasado com resina composta de baixa viscosidade (Filtek Flow). O preparo do conduto nos cinco grupos simulou raízes com canais largos e foi executado de forma escalonada (dois degraus). Para este preparo, utilizou-se a ponta diamantada 1016HL (diâmetro de 1,8mm), que penetrou 10mm no conduto (profundidade total de preparo do conduto). A seguir, a ponta diamantada 3017HL (diâmetro de 2,5mm) penetrou 5mm no conduto. Realizou-se a cimentação dos pinos com sistema adesivo Scotchbond Multi-Uso Plus e cimento resinoso RelyX CRA. Coroas totais metálicas fundidas em liga de Níquel-Cromo foram cimentadas sobre a porção coronária de todos os espécimes. Osespécimes foram armazenados por 24 horas em água destilada a '37 GRAUS'C e submetidos ao teste de resistência à fratura sob compressão na máquina de ensaios universal Kratos. A carga foi aplicada em ângulo de '135 GRAUS' com o longo eixo da raiz, na velocidade de 0,5mm/min. Os valores de resistência à fratura encontrados foram, em ordem decrescente: Grupo 1 - 110,85kgf; Grupo 4 - 93,88kgf; Grupo 5 - 89,34kgf; Grupo 3 - 79,07kgf; Grupo 2 - 76,04kgf, ) sendo que a análise estatística (ANOVA e Tukey) demonstrou diferença estatisticamente significativa (p < 0,05) entre o grupo 1 e o grupo 2, bem como entre o grupo 1 e o grupo 3. Em relação ao padrão de fratura, observou-se: grupo 1 - todas as raízes fraturaram (60% no terço médio); grupo 2 e grupo 4 - 40% de fraturas no terço cervical da raiz e 30 a 40% de falhas da porção coronária do núcleo; grupo 3 - predominância de fraturas no terço cervical da raiz (60%); grupo 5 - 50% das falhas na porção coronária do núcleo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.06.2006
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FOB11600020442K123a
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KAIZER, Osvaldo Bazzan; BONFANTE, Gerson. Avaliação da resistência à fratura de dentes com condutos alargados e reconstruídos com pinos de fibras de vidro pré-fabricados (associados a pinos acessórios ou fitas de fibras) ou com pinos anatômicos. 2006.Universidade de São Paulo, Bauru, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-16102007-150619/ >.
    • APA

      Kaizer, O. B., & Bonfante, G. (2006). Avaliação da resistência à fratura de dentes com condutos alargados e reconstruídos com pinos de fibras de vidro pré-fabricados (associados a pinos acessórios ou fitas de fibras) ou com pinos anatômicos. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-16102007-150619/
    • NLM

      Kaizer OB, Bonfante G. Avaliação da resistência à fratura de dentes com condutos alargados e reconstruídos com pinos de fibras de vidro pré-fabricados (associados a pinos acessórios ou fitas de fibras) ou com pinos anatômicos [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-16102007-150619/
    • Vancouver

      Kaizer OB, Bonfante G. Avaliação da resistência à fratura de dentes com condutos alargados e reconstruídos com pinos de fibras de vidro pré-fabricados (associados a pinos acessórios ou fitas de fibras) ou com pinos anatômicos [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-16102007-150619/