Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Participação de receptores serotoninérgico dos tipos '5-HT IND. 1A' e '5-HT IND. 2A' da substância cinzenta periaquedutal dorsal na mediação do comportamento de fuga em ratos tratados com drogas panicolíticas (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BORTOLI, VALQUÍRIA CAMIN DE - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RFA
  • Subjects: PÂNICO; FÁRMACOS (ACUMULAÇÃO); FÁRMACOS PSICOTRÓPICOS
  • Language: Português
  • Abstract: A estimulação elétrica da substância cinzenta periaquedutal dorsal (SCPD) produz comportamentos de congelamento e fuga em ratos, os quais têm sido associados a ataques de pânico em humanos. Por meio da utilização deste modelo animal, tem sido mostrado que a administração intra-SCPD de serotonina ou de drogas que mimetizam seu efeito inibe estas respostas defensivas induzidas pela estimulação elétrica desta mesma área mesencefálica. O tratamento crônico com o agente panicolítico imipramina aumenta o efeito inibitório da administração intra-SCPD dos agonistas de receptores '5-HT IND. 1A' e '5-HT IND. 2A', 8-OH-DPAT e DOI, respectivamente, sobre a resposta de fuga induzida pela estimulação elétrica da SCPD. No presente estudo, testamos a hipótese de que receptores '5-HT IND. 1A' e '5-HT IND. 2A' se tornam mais reativos a seus agonistas após o tratamento crônico com diferentes drogas panicolíticas. Para tal, ratos Wistar, tratados subcronicamente (3-6 dias) ou cronicamente (21-24 dias) com fluoxetina (10 mg/Kg, i.p.) receberam a administração intra-SCPD de 5-HT (20 nmoles/0,2µL), 8-OH-DPAT (8 nmoles/0,2 µL), DOI (16 nmoles/0,2 µL) ou de salina (0,2 µL). O limiar de corrente elétrica aplicado na SCPD necessário para induzir os comportamentos de congelamento e de fuga foi medido antes e após a microinjeção dos agonistas. Os efeitos destes agonistas serotoninérgicos administrados na SCPD também foram investigados em ratos tratados cronicamente com buspirona (0,3 mg/Kg,i.p.), uma droga clinicamente eficaz no tratamento do transtorno de ansiedade generalizada, porém ineficaz no tratamento do transtorno do pânico. Adicionalmente, investigamos o efeito da administração intra-SCPD dos agonistas serotoninérgicos e do agonista benzodiazepínico midazolam (20 nmoles/0,2 µL) após tratamento sub-crônico e crônico com alprazolam (2 mg/Kg, i.p.), um agonista benzodiazepínico potente que também é eficaz no tratamento do pânico. Finalmente, investigamos os efeitos da administração intra-SCPD dos agonistas serotoninérgicos e do midazolam após tratamento crônico com diazepam (4 mg/Kg, i.p.), um ansiolítico benzodiazepínico que não apresenta efeito no tratamento do trânstorno do pânico. Os nossos resultados mostram que a administração intra-SCPD dos agonistas serotoninérgicos aumenta o limiar de corrente elétrica necessário para evocar os comportamentos de congelamento e de fuga e este efeito panicolítico foi mais pronunciado em animais tratados cronicamente, mas não sub-cronicamente, com fluoxetina. Os resultados mostram também que o tratamento crônico, mas não sub-crônico, com alprazolam aumenta o efeito panicolítico do DOI. Por outro lado, o tratamento crônico com buspirona ou com diazepam não altera os efeitos dos agonistas serotoninérgicos, nem do midazolam no caso do tratamento com diazepam. Assim, nossos resultados corroboram a proposição de que receptores serotoninérgicos da SCPD estão envolvidos noefeito terapêutico de drogas utilizadas no tratamento do transtorno do pânico. Neste sentido, as evidências comportamentais obtidas no presente estudo sugerem que receptores serotoninérgicos dos subtipos '5-HT IND. 1A' e '5-HT IND. 2A' da SCPD sejam sensibilizados pelo tratamento crônico com diferentes drogas panicolíticas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.07.2006

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200031807Bortoli, Valquria Camin de
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BORTOLI, Valquíria Camin de; ZANGROSSI JÚNIOR, Hélio. Participação de receptores serotoninérgico dos tipos '5-HT IND. 1A' e '5-HT IND. 2A' da substância cinzenta periaquedutal dorsal na mediação do comportamento de fuga em ratos tratados com drogas panicolíticas. 2006.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2006.
    • APA

      Bortoli, V. C. de, & Zangrossi Júnior, H. (2006). Participação de receptores serotoninérgico dos tipos '5-HT IND. 1A' e '5-HT IND. 2A' da substância cinzenta periaquedutal dorsal na mediação do comportamento de fuga em ratos tratados com drogas panicolíticas. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Bortoli VC de, Zangrossi Júnior H. Participação de receptores serotoninérgico dos tipos '5-HT IND. 1A' e '5-HT IND. 2A' da substância cinzenta periaquedutal dorsal na mediação do comportamento de fuga em ratos tratados com drogas panicolíticas. 2006 ;
    • Vancouver

      Bortoli VC de, Zangrossi Júnior H. Participação de receptores serotoninérgico dos tipos '5-HT IND. 1A' e '5-HT IND. 2A' da substância cinzenta periaquedutal dorsal na mediação do comportamento de fuga em ratos tratados com drogas panicolíticas. 2006 ;