Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Macrofitofósseis em tufos calcários quaternários do norte da Bahia como indicadores paleoclimáticos (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CRISTALLI, PATRICIA DE SOUZA - IGC
  • USP Schools: IGC
  • Subjects: PALEOCLIMATOLOGIA; VEGETAÇÃO; CAATINGA (ORIGEM;DESENVOLVIMENTO); TAFONOMIA
  • Language: Português
  • Abstract: Estudo de folhas fósseis preservadas nos tufos calcários, datados pela série de desequilibro do urânio, objeto do presente trabalho, permitiram investigar mudanças da vegetação e do clima ocorridas entre 21.000 e 9.000 anos atrás ao longo do vale do rio Salitre, no município de Campo Formoso, norte da Bahia, área atualmente com típica ocorrência de caatinga e clima semi-árido. Foram descritos 69 morfotipos, tendo sido identificadas 49 através de estudos comparativos com material do herbário ALCB, da Universidade Federal da Bahia e estudos complementares efetuados no herbário SPF, da Universidade de São Paulo. Estão presentes cinco espécies de Annonaceae e Euphorbiaceae, quatro espécies de Malvaceae e Lamiaceae, três de Begoniaceae, duas espécies de Bignoniaceae, Chrysobalanaceae, Elaeocarpaceae, Malpighiaceae e Sterculiaceae, além de uma espécie de Apocynaceae, Aquifoliaceae, Boraginaceae, Campanulaceae, Cecropiaceae, Celastraceae, Connaraceae, Dilleniaceae, Clusiaceae, Olacaceae, Phytolacaceae, Piperaceae, Rhamnaceae, Rosaceae, Rutaceae e Tiliaceae, sendo considerada uma assembléia bem diversificada. A análise fisionômica das folhas fósseis, diferentemente de outras análises fisionômicas publicadas que utilizam padrões fisionômicos mundiais, teve como base uma comparação dos padrões fisionômicos estabelecidos a partir de exemplares representativos de toda vegetação atualmente presente no Estado da Bahia. Ambas análises, sistemática e fisionômica das folhas,resultaram no reconhecimento de mistura de vegetações no passado, caracterizada pela presença de elementos da caatinga, cerrado e das florestas estacionais. Espécies das duas últimas vegetações tiveram suas origens associadas à migração de coberturas, hoje localizadas no oeste baiano e nas porções mais elevadas da Chapada Diamantina, respectivamente. As duas análises, em conjunto, permitiram inferir vegetação de dossel fechado e representativo de clima mais chuvoso do que o clima atual. A análise tafonômica do depósito sugere distribuição mais uniforme das chuvas ao longo do ano, podendo refletir em clima com menor duração da estação seca. Foi possível estabelecer dois sub-ambientes deposicionais assim como condições transicionais entre ambos, reconhecendo feições indicativas de fluxo turbulento de água e feições indicativas de fluxo pouco turbulento. A análise tafonômica só foi possível através do estudo comparativo realizado com os depóstios de tufos calcários atuais na região de Bonito, MS. Não há indicações de corredores entre as vegetações atlântica e amazônica como sugerido em alguns trabalhos prévios
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.05.2006
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IGC30900020299T C933 PS.m e.2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CRISTALLI, Patricia de Souza; PETRI, Setembrino. Macrofitofósseis em tufos calcários quaternários do norte da Bahia como indicadores paleoclimáticos. 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44136/tde-18112015-111028/pt-br.php >.
    • APA

      Cristalli, P. de S., & Petri, S. (2006). Macrofitofósseis em tufos calcários quaternários do norte da Bahia como indicadores paleoclimáticos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44136/tde-18112015-111028/pt-br.php
    • NLM

      Cristalli P de S, Petri S. Macrofitofósseis em tufos calcários quaternários do norte da Bahia como indicadores paleoclimáticos [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44136/tde-18112015-111028/pt-br.php
    • Vancouver

      Cristalli P de S, Petri S. Macrofitofósseis em tufos calcários quaternários do norte da Bahia como indicadores paleoclimáticos [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44136/tde-18112015-111028/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: