Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Revisão taxonômica e relações filogenéticas do gênero Salminus (Teleostei: Ostariophysi: Characiformes: Characidae) (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: LIMA, FLÁVIO CÉSAR THADEO DE - IB
  • USP Schools: IB
  • Sigla do Departamento: BIZ
  • Subjects: OSTEICHTHYES; CHARACIFORMES; ZOOLOGIA (CLASSIFICAÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: A revisão taxonômica e uma análise das relações filogenéticas do gênero Salminus (Teleostei: Ostariophysi: Characiformes: Characidae) foi conduzida. O monofiletismo do gênero foi estabelecido por 15 sinapomorfias, cinco das quais exclusivas ao gênero. Cinco espécies foram reconhecidas como válidas: Salminus affinis Steindachner, nas bacias transandinas dos rios Magdalena, Rancheria e Sinú, Colômbia; Salminus brasiliensis (Cuvier), do ssitema dos rios Paraná, Paraguai e Uruguai, sistema do rio Jacuí e bacia do alto rio Madeira; Salminus hilarii Valenciennes, das bacias dos rios São Francisco e alto Paraná, além do rio Jaguaribe, no nordeste brasileiro; Salminus iquitensis (Nakashima), do sistema dos rios Araguaia e Tocantins, Alto Amazonas e rio Orinoco; e uma espécie não descrita, Salminus sp. "São Francisco", endêmica da bacia do rio São Francisco. Hydrocyon brevidens Cuvier, Salminus cuvieri Valenciennes (em Cuvier & Valenciennes), S. maxillosus Valenciennes (em Cuvier & Valenciennes) e S. orbygnianus Valenciennes (em Cuvier & Valenciennes) são considerados sinônimos de S. brasiliensis. Brycon erythrura Fowler é considerado um sinônimo de Salminus hilarii. Uma análise filogenética incluindo 69 caracteres e 31 táxons terminais, com ênfase em representantes de Erythrinoidea e Characidae, foi executada. A árvore de consenso estrito obtida mostrou Acestrohynchus pantaneiro e Hydrolycus armatus como grupos-irmão sucessivos do gênero Salminus. Este claro monofiléticopertenceu a um clado de relações não resolvidas, que incluiu dos outros clados, um formado pelas espécies de Brycon, outro por Lignobrycon e Triportheus. Contudo, dado ao baixo suporte de praticamente todos os nós, esse resultado inspira muito pouca confiança. O relacionamento de Salminus com os demais Characiformes é considerado conseqüentemente como ainda incerto, embora a morfologia do gênero (principalmente osteologia) sugira que este táxon possui uma posição-chave para o entendimento das relações entre Characidae, Alestidae e Erythrinoidea. Eventos biogeográficos ligados à vicariância das espécies-irmãs Salminus iquitensis/S. affinis, bem como a separação de populações de S. brasiliensis, são imputadas à modificações dos padrões de drenagem da bacia de antepaís andina ligada à orogênese da cordilheira
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.05.2006

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IB12000023213D-1211
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LIMA, Flávio César Thadeo de; BRITSKI, Heraldo A. Revisão taxonômica e relações filogenéticas do gênero Salminus (Teleostei: Ostariophysi: Characiformes: Characidae). 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.
    • APA

      Lima, F. C. T. de, & Britski, H. A. (2006). Revisão taxonômica e relações filogenéticas do gênero Salminus (Teleostei: Ostariophysi: Characiformes: Characidae). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Lima FCT de, Britski HA. Revisão taxonômica e relações filogenéticas do gênero Salminus (Teleostei: Ostariophysi: Characiformes: Characidae). 2006 ;
    • Vancouver

      Lima FCT de, Britski HA. Revisão taxonômica e relações filogenéticas do gênero Salminus (Teleostei: Ostariophysi: Characiformes: Characidae). 2006 ;