Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Revisão taxônomica e filogenia do gênero Rhinodoras Bleeker, 1862 (Siluriformes, Doradidae) (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BIRINDELLI, JOSÉ LUÍS OLIVAN - IB
  • USP Schools: IB
  • Sigla do Departamento: BIZ
  • Subjects: ZOOLOGIA (CLASSIFICAÇÃO); SILURIFORMES
  • Language: Português
  • Abstract: O gênero Rhinodoras Bleeker, 1862 e os gêneros relacionados Orinocodoras Myers, 1927 e Rhynchodoras Klausewitz & Rössel, 1961, formam a tribo Rhinodoradini, dentro da subfamília Doradinae na família Doradidae. As espécies pertencentes a esta tribo são revisadas taxonomicamente e as relações filogenéticas entre elas, bem como da grande maioria das outras espécies da subfamília são estudadas com base na metodologia cladísta. No gênero Rhinodoras são reconhecidas como válidas e redescritas: Rhinodoras dorbignyi (Kner, 1855) (Prata), R. thomersoni Taphorn & Lilyestrom, 1984 (Lago Maracaibo, na Venezuela), R.boehlkei Glodek, Whitmire & Orces, 1976 (Médio e Alto Amazonas), R. gallagheri Sabaj, Taphorn & Castillo, 2006 (Orinoco) e R. armbrustereri Sabaj, Taphorn & Castillo, 2006 (descrita do Essequibo e Alto Branco, mas também presente no Tocantins e Alto Xingu). Orinocodoras eigenmanni Myers, 1927 (Orinoco), única espécie do gênero, é redescrita. Rhynchodoras xingui (Alto Xingu) e R. woodsi (Médio e Alto Amazonas e Essequibo) são redescritas e uma nova espécie de Rhynchodoras do rio Orinoco é descrita. A análise filogenética resultou em 5 árvores fundamentais igualmente parcimoniosas com 289 passos, a partir das quais foi elaborada a árvore de consenso estrito. O resultado obtido neste estudo difere bastante das hipóteses anteriores de Higuchi e Moyer. O gênero Kalyptodoras é colocado numa posição mais basal dentro da família. A subfamília Astrodoradinae é consideradagrupo irmão da subfamília Doradinae. Dentro desta última, as tribos Rhinodoradini e Doradini são consideradas mais relacionadas entre si, o que era especulado pelos primeiros autores que estudaram o grupo. A posição de Rhynchodoras é elucidada, sendo este o gênero basal da tribo Rhinodoradini. O monofiletismo do gênero Rhinodoras é confirmado. Dentro da tribo Centrochirini, dois grupos são encontrados, um com os gêneros Lithodoras, Doraops e Pterodoras e outro com os gêneros Centrodoras e Megalodoras. Dentro da tribo Doradini, o gênero Oxydoras é confirmado com basal, seguido por "Petalodoras", Trachydoras, Doras, Hemidoras, Nemadoras, Gen. nov., Hassar, Anduzedoras e Leptodoras. Como resultado, o gênero Opsodoras deve ser considerado um sinônimo júnior de Hemidoras e um novo gênero deve ser descrito para as espécies N. trimaculatus, O. ternetzi e N. leporhinus
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.06.2006

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IB12000023251M-1252
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BIRINDELLI, Jose Luis Olivan; BRITSKI, Heraldo A. Revisão taxônomica e filogenia do gênero Rhinodoras Bleeker, 1862 (Siluriformes, Doradidae). 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.
    • APA

      Birindelli, J. L. O., & Britski, H. A. (2006). Revisão taxônomica e filogenia do gênero Rhinodoras Bleeker, 1862 (Siluriformes, Doradidae). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Birindelli JLO, Britski HA. Revisão taxônomica e filogenia do gênero Rhinodoras Bleeker, 1862 (Siluriformes, Doradidae). 2006 ;
    • Vancouver

      Birindelli JLO, Britski HA. Revisão taxônomica e filogenia do gênero Rhinodoras Bleeker, 1862 (Siluriformes, Doradidae). 2006 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: