Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Investigação da infecção pela bactéria Rickettsia parkeri em carrapatos Amblyomma triste no Estado de São Paulo: isolamento e caracterização molecular da bactéria (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SILVEIRA, IARA - FMVZ
  • USP Schools: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VPS
  • Subjects: FEBRE MACULOSA; CARRAPATOS
  • Language: Português
  • Abstract: Em janeiro de 2005, foram coletados 31 carrapatos adultos da espécie Amblyomma triste em uma propriedade rural da CESP, localizada no município de Paulicéia, Estado de São Paulo. Três carrapatos foram positivos para o teste de hemolinfa, demonstrando estruturas compatíveis com riquétsias no interior de hemócitos. Dois desses carrapatos foram submetidos à tentativa de isolamento de riquétsias em células Vero, através da técnica de Shell vial. Um isolado foi obtido com sucesso, estando já estabelecido em cultivo celular, com várias passagens e partidas congeladas. Do restante do carrapato utilizado para este isolamento, foi extraído o DNA e este foi submetido a PCR para um fragmento do gene ompA de Rickettsia spp. Foi realizada a caracterização molecular do isolado, através do sequenciamento genético de quatro genes de Rickettsia spp: gltA, htrA, ompA e ompB e os genes apresentaram 99,8 a 100% de identidade com as seqüências correspondentes de Rickettsia parkeri no GenBank. Todos os 31 carrapatos tiveram o DNA extraído, sendo processados pela PCR para um fragmento do gene gltA e para um fragmento do gene ompA. Três (9,7%) foram positivos a PCR para o gene gltA e os mesmos 3 carrapatos foram positivos para o ompA, sendo exatamente os 3 carrapatos previamente positivos ao teste de hemolinfa). O material amplificado destes 3 carrapatos para o fragmento de gene ompA foi processado para o sequenciamento automático de nucleotídeos resultando em 100% de identidade com aseqüência correspondente de Rickettsia parkeri no GenBank. Este trabalho relata pela primeira vez a bactéria R. parkeri no Brasil, o que foi confirmado pelo isolamento do agente em cultivo de células
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.09.2006
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMVZ11300028876T.1742 FMVZ
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVEIRA, Iara; LABRUNA, Marcelo Bahia. Investigação da infecção pela bactéria Rickettsia parkeri em carrapatos Amblyomma triste no Estado de São Paulo: isolamento e caracterização molecular da bactéria. 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-27032007-145642/ >.
    • APA

      Silveira, I., & Labruna, M. B. (2006). Investigação da infecção pela bactéria Rickettsia parkeri em carrapatos Amblyomma triste no Estado de São Paulo: isolamento e caracterização molecular da bactéria. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-27032007-145642/
    • NLM

      Silveira I, Labruna MB. Investigação da infecção pela bactéria Rickettsia parkeri em carrapatos Amblyomma triste no Estado de São Paulo: isolamento e caracterização molecular da bactéria [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-27032007-145642/
    • Vancouver

      Silveira I, Labruna MB. Investigação da infecção pela bactéria Rickettsia parkeri em carrapatos Amblyomma triste no Estado de São Paulo: isolamento e caracterização molecular da bactéria [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-27032007-145642/