Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Isolamento de mitocôndrias de monócitos humanos para estudo de proteoma subcelular durante a diferenciação e maturação de células dendríticas (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CATALAN, ALANA MARIA CERQUEIRA DE - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RBP
  • Subjects: FRACIONAMENTO CELULAR; MITOCÔNDRIAS; MONÓCITOS; BIOLOGIA CELULAR
  • Language: Português
  • Abstract: O Interesse em estudar monócitos vem aumentando nos últimos anos devido à suautilização para a obtenção in vitro de células dendríticas (DCs). As DCs possuem um papel central na iniciação da imunidade inata e, devido à capacidade de estimular células T virgens (naive) são consideradas ferramentas promissoras para imunoterapia, no desenvolvimento de estratégias de vacina para prevenção e tratamento de câncer, infecções e rejeição de aloenxerto. Ao iniciar um projeto de proteoma, a primeira exigência é a obtenção da amostra em quantidade e com alta pureza. Porém a obtenção de monócitos combinando baixo custo, quantidade, pureza e simplicidade não existe; por isso a preocupação de utilizar um melhor método de obtenção de monócitos. Foram avaliados quatro métodos de obtenção de monócitos: seleção imunomagnética, aderência celular, centrifugação com gradiente de Percoll e de Op tiprep. Dentre os métodos avaliados, a seleção imunomagnética e a aderência celular (na presença de 5% de soro fetal bovino) foram os que demonstraram melhores resultados em termos de pureza (71 e 75%, respectivamente), porém a seleção imunomagnética é um método de alto custo. Atualmente, a centrifugação diferencial é o método mais comum de separação e isolamento de organelas. Para a obtenção de mitocôndrias de monócitos, foram avaliados três diferentes protocolos de centrifugação diferencial. O protocolo que demonstrou melhores resultados foi o que utilizou soluções de baixa osmolaridade, enquantoos demais métodos não foram suficientes para lisar os monócitos. Após a centrifugação diferencial, foi realizado um gradiente descontínuo de Percoll com 40%, 25% e 15% obtendo-se duas bandas distintas, sendo a banda mais densa a mais homogênea em mitocôndrias, conforme caracterização por microscopia eletrônica de transmissão e ensaios enzimáticos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.09.2006

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200032253Cataln, Alana M. Cerqueira de
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CATALÁN, Alana Maria Cerqueira de; IZUMI, Clarice. Isolamento de mitocôndrias de monócitos humanos para estudo de proteoma subcelular durante a diferenciação e maturação de células dendríticas. 2006.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2006.
    • APA

      Catalán, A. M. C. de, & Izumi, C. (2006). Isolamento de mitocôndrias de monócitos humanos para estudo de proteoma subcelular durante a diferenciação e maturação de células dendríticas. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Catalán AMC de, Izumi C. Isolamento de mitocôndrias de monócitos humanos para estudo de proteoma subcelular durante a diferenciação e maturação de células dendríticas. 2006 ;
    • Vancouver

      Catalán AMC de, Izumi C. Isolamento de mitocôndrias de monócitos humanos para estudo de proteoma subcelular durante a diferenciação e maturação de células dendríticas. 2006 ;