Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação funcional dos fagócitos mononucleares do leite de vacas (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BASTOS, CAMILA ROCHA - FMVZ
  • USP Schools: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VCM
  • Subjects: VACAS; LEITE; LEUCÓCITOS; FAGOCITOSE; IMUNOLOGIA; MASTITE ANIMAL
  • Language: Português
  • Abstract: Com o objetivo de padronizar algumas provas para a avaliação in vitro da atividade funcional de fagócitos mononucleares, 124 amostras de leite foram coletadas de 31 vacas. A avaliação citológica do leite foi executada utilizando-se de contagem automática de células somáticas (CCS) e um "California Mastitis Test" (CMT) comercial. As amostras foram submetidas a exame microbiológico para comparar a CCS, a viabilidade celular (VIA), e os índices de fagocitose de partículas de Zymosan (FAG), e de espraiamento (ESP) de fagócitos mononucleares aderidos, entre células obtidas de glândulas mamárias infectadas e não infectadas. Trinta amostras de leite foram negativas e 94 foram positivas no exame microbiológico e, entre as amostras positivas, os seguintes gêneros bacterianos foram isolados: Staphylococcus (49.46%), Corynebacterium (31.18%), Streptococcus (15.05%), e culturas mistas de Staphylococcus e Corynebacterium (2.15%), e de Staphylococcus e Streptococcus (2.15%). Os valores médios ('+ OU -' desvio padrão) considerando-se todas as amostras foram: CCS: 1.578,00 '+ OU -' 1.142,00 células/ml; VIA: 72,10 '+ OU -' 18,32%; FAG: 59,84 '+ OU -' 19,15%; e ESP: 76,01 '+ OU -' 15,41%. Os resultados das amostras positivas no exame microbiológico foram: CCS: 1.816,00 '+ OU -' 2.131,00 células/ml; VIA: 74,01 '+ OU -' 17,96%; FAG: 61,22 '+ OU -' 18,10%; e ESP: 76,91 '+ OU -' 14,43%; considerando-se apenas as amostras negativas no exame microbiológico, os resultados foram: CCS:829,00 '+ OU -' 2.029,00 células/ml; VIA: 66,13 '+ OU -' 18,46%; FAG: 55,53 '+ OU -' 21,87%; e ESP: 73,19 '+ OU -' 18,14%. A CCS foi maior entre as amostras positivas no exame microbiológico, quando comparadas às amostras negativas (p=0.027). Considerando-se os resultados de todas as amostras, ou avaliando-se separadamente aqueles das amostras positivas ou negativas no exame microbiológico, a CCS, a VIA, e os índices de FAG e de ESP apresentaram ) correlação positiva entre si (p'< OU ='0.05). Embora com algumas alterações em técnicas previamente relatadas, foi possível caracterizar a padronização das provas para a avaliação funcional dos fagócitos lácteos (mensuração dos índices de fagocitose e de espraiamento). Posto que não ocorreram diferenças relacionadas à atividade funcional entre as amostras positivas e negativas no exame microbiológico, ou comparando-se as amostras quando agrupadas pelo gênero isolado, os resultados sugerem que as funções testadas foram mais dependentes dos parâmetros inflamatórios do que dos parâmetros infecciosos isoladamente
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.02.2006

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMVZ11300028925T.1629 FMVZ
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BASTOS, Camila Rocha; DELLA LIBERA, Alice Maria Melville Paiva. Avaliação funcional dos fagócitos mononucleares do leite de vacas. 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.
    • APA

      Bastos, C. R., & Della Libera, A. M. M. P. (2006). Avaliação funcional dos fagócitos mononucleares do leite de vacas. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Bastos CR, Della Libera AMMP. Avaliação funcional dos fagócitos mononucleares do leite de vacas. 2006 ;
    • Vancouver

      Bastos CR, Della Libera AMMP. Avaliação funcional dos fagócitos mononucleares do leite de vacas. 2006 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: