Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Aspectos limnológicos e sanitários de uma lagoa costeira no litoral leste do Ceará - lagoa do Batoque (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: OLIVEIRA, EUGÊNIO CUNHA - EESC
  • USP Schools: EESC
  • Sigla do Departamento: SHS
  • Subjects: QUALIDADE DA ÁGUA; LIMNOLOGIA; LAGOAS
  • Language: Português
  • Abstract: As águas da lagoa do Batoque, uma lagoa costeira localizada no litoral leste do Estado do Ceará, foram caracterizadas por meio de coletas mensais realizadas em 4 pontos de amostragem, no período de maio a novembro de 2005 de maneira a obter dados do período seco (mai-jun) e chuvoso (ago-nov). Também foram realizadas duas coletas nictemerais (24 h) em 1 ponto de amostragem nos meses de julho e dezembro de maneira a observar as variações diárias das variáveis limnológicas determinadas. Em cada coleta foram realizados perfis de temperatura, condutividade elétrica, turbidez, pH e oxigênio dissolvido e foi avaliada a transparência da água por meio do disco de Secchi. Ademais, foram coletadas amostras de subsuperfície e fundo para a investigação das variáveis: material em suspensão, cor, alcalinidade, compostos nitrogenados, fósforo solúvel reativo (PSR), fósforo total (PT), ferro total, ferro total dissolvido, clorofila a, densidade fitoplanctônica (organismos/mL) e coliformes (totais e termotolerantes). Os resultados demonstram que o sistema estudado apresentou variação sazonal relacionada aos dois períodos hidrológicos distintos. O período chuvoso se caracterizou por um período de precipitações mais intensas e menor insolação enquanto que o seco apresentou maior insolação e maiores velocidades dos ventos, trazendo conseqüências diretas sobre o nível d'água da lagoa estudada, a disponibilidade de nutrientes, o padrão de mistura do sistema, entre outros fatores. Agrande variação encontrada no decorrer dos períodos nictemerais demonstrou a forte influência do fotoperíodo sobre a dinâmica do corpo d'água. Em relação à heterogeneidade espacial, foram verificados comportamentos diferenciados entre os diferentes pontos de superfície d'água livre. A coluna d'água não apresentou estratificação (térmica, química) significativa devido principalmente à baixa profundidade do sistema, à forte atuação dos ventos e à ) elevada transparência da coluna d'água. De acordo com o critério de classificação da OECD, a lagoa do Batoque pode ser considerada um ambiente mesotrófico. Os resultados obtidos sugerem que o sistema apresenta intenso processo de decomposição e regeneração de matéria orgânica, principalmente na região próxima ao sedimento, processo que atua como principal regulador da dinâmica de nutrientes no corpo d'água principalmente durante o período seco, já que durante o período chuvoso o sistema recebe cargas alóctones que dão condições à manutenção da produtividade do mesmo. A comunidade fitoplanctônica foi bastante influenciada pelas características físicas e morfométricas do sistema, como fortes ventos, alta insolação, baixa profundidade e alta transparência da coluna d'água, o que favoreceu o desenvolvimento de organismos fitobentônicos e organismos habituados a sistemas com boas condições de mistura. As baixas concentrações de nutrientes favoreceram o desenvolvimento de organismos de menor tamanho, que aparentemente têm maiorfacilidade de interação com a comunidade heterotrófica responsável pela ciclagem de nutrientes no sistema. A lagoa do Batoque, apesar de apresentar indícios de contaminação fecal, não está comprometida no que diz respeito à qualidade sanitária de suas águas de acordo com a legislação vigente (CONAMA 274/00 e 357/05)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.05.2006
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EESC31100104368TESE 1325
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA, Eugênio Cunha; SANTAELLA, Sandra Tédde. Aspectos limnológicos e sanitários de uma lagoa costeira no litoral leste do Ceará - lagoa do Batoque. 2006.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-15092006-085443/ >.
    • APA

      Oliveira, E. C., & Santaella, S. T. (2006). Aspectos limnológicos e sanitários de uma lagoa costeira no litoral leste do Ceará - lagoa do Batoque. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-15092006-085443/
    • NLM

      Oliveira EC, Santaella ST. Aspectos limnológicos e sanitários de uma lagoa costeira no litoral leste do Ceará - lagoa do Batoque [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-15092006-085443/
    • Vancouver

      Oliveira EC, Santaella ST. Aspectos limnológicos e sanitários de uma lagoa costeira no litoral leste do Ceará - lagoa do Batoque [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-15092006-085443/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: