Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação fenotípica dos linfócitos T em um modelo animal de deficiência de ferro (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ARAUJO, FELIPE SALDANHA DE - FCFRP
  • USP Schools: FCFRP
  • Subjects: LINFÓCITOS T; FENÓTIPOS (AVALIAÇÃO); ANEMIA FERROPRIVA
  • Language: Português
  • Abstract: O ferro é um elemento chave em muitos processos metabólicos, como transporte de oxigênio, síntese de hormônios esteróides, respiração celular, transporte de elétrons, síntese de DNA, proliferação e diferenciação celular e regulação gênica. A deficiência de ferro é a desordem nutricional mais comum afetando aproximadamente um terço da população mundial. Pequenos déficits no compartimento funcional de ferro têm sérias conseqüências sobre o sistema imune, principalmente na imunidade mediada por células. A abordagem dos pais ou responsáveis, as exigências éticas e a aderência de crianças da mesma faixa etária e sem outros problemas que afetem o metabolismo do ferro e o sistema imune são as principais dificuldades enfrentadas no desenvolvimento de pesquisas com seres humanos, sendo necessário o estabelecimento de modelos experimentais. Este trabalho teve como objetivo estabelecer um modelo de indução e recuperação de deficiência de ferro em camundongos, visando a sua utilização em estudos sobre alterações do sistema imune induzidas por esta deficiência. A deficiência de ferro foi induzida por ingestão de uma ração com baixo teor de ferro (5 mg /kg de ração) por 4 e 8 semanas. No termino deste período foram determinados: concentração de hemoglobina (colorimetrico), hematócrito (microhematócrito), estoques de ferro hepático (espectrometria de absorção atômica) e fenotipagem (citometria de fluxo) dos linfócitos presentes no sangue periférico e emsuspensão de células do baço dos animais dos grupos controle (C) e deficiente em ferro (DF), sendo avaliado a porcentagem de células T 'CD4 POT. +' e 'CD8 POT. +', bem como a expressão do receptor de transferrina ('CD71 POT. +') nessas subpopulações. Não houve diferenças na concentração de hemoglobina e no valor do hematócrito entre os animais dos grupos DF e C, porém os estoques de ferro estavam significantemente reduzidos nos animais do grupo DF de quatro (p
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.10.2006
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FCFRP10600007808Araujo, Felipe Saldanha de
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ARAUJO, Felipe Saldanha de; SOUZA, Ana Maria de. Avaliação fenotípica dos linfócitos T em um modelo animal de deficiência de ferro. 2006.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-17052007-094115/ >.
    • APA

      Araujo, F. S. de, & Souza, A. M. de. (2006). Avaliação fenotípica dos linfócitos T em um modelo animal de deficiência de ferro. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-17052007-094115/
    • NLM

      Araujo FS de, Souza AM de. Avaliação fenotípica dos linfócitos T em um modelo animal de deficiência de ferro [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-17052007-094115/
    • Vancouver

      Araujo FS de, Souza AM de. Avaliação fenotípica dos linfócitos T em um modelo animal de deficiência de ferro [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-17052007-094115/