Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação da terapêutica multimodal no tratamento da dor ocular crônica secundária ao glaucoma (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: TREVELIN, WILDER RONALDO - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RAL
  • Subjects: GLAUCOMA; OLHO; DOR (AVALIAÇÃO;APRECIAÇÃO); ANALGESIA
  • Language: Português
  • Abstract: O estudo se propôs a avaliar a ação do bloqueio retrobulbar combinado ou não ao bloqueio do gânglio estrelado referente ao campo visual, dor ocular e pressão em pacientes portadores de dor crônica ocular secundária ao glaucoma Métodos: 54 pacientes foram aleatoriamente distribuíos por sorteio em três grupos (n=18) para avaliação da dor, campo visual e pressão ocular. Todos os grupos foram submetidos ao bloqueio do gânglio estrelado com lidocaína (70mg) e clonidina (30'mü'g) ou solução fisiológica; combinado ou não ao bloqueio retrobulbar com clonidina (30 'üm'g), lidocaína 20 mg e dexametasona 10 mg, ou somente solução fisiológica. O grupo 1 foi submetido ao bloqueio retrobulbar com clonidina + dexametasona + lidocaína e ao bloqueio do gânglio estrelado com SF 0,9%. O grupo 2 foi submetido ao bloqueio do gânglio estrelado com clonidina e lidocaína e ao bloqueio retrobulbar com SF 0,9%. Finalmente, o grupo 3 foi submetido aos dois tipos de bloqueios com todas as drogas do estudo. Todos os grupos foram submetidos a seqüencia de 1 bloqueio semanal por três semanas consecutivas. A avaliação da dor, da pressão ocular e do campo visual foi feita antes dos procedimentos, na quarta e na décima sexta semana. P<0,05 foi considerado significativo. Resultados: Todos os grupos apresentaram analgesia na quarta semana de avaliação (p>0,05). Entretanto, apenas o grupo 3 apresentou analgesia residual até a décima sexta semana de avaliação (p<0,05). Em relação aos valoresde pressão ocular e ao campo visual, não houve diferenças entre os grupos nos diferentes tempos avaliados (p>0,05). Conclusões. A combinação dos bloqueios estrelado e retrobulbar com clonidina, dexametasona e lidocaína resultou em pelo menos 16 semanas de analgesia. A ausência de alterações da pressão ocular e do campo visual foi provavelmente devida à população avaliada, uma vez que todos os pacientes apresentavam perda visual importante devido ao avanço da doença
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.12.2006

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200032986Trevelin, Wilder Ronaldo
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TREVELIN, Wilder Ronaldo; LAURETTI, Gabriela Rocha. Avaliação da terapêutica multimodal no tratamento da dor ocular crônica secundária ao glaucoma. 2006.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2006.
    • APA

      Trevelin, W. R., & Lauretti, G. R. (2006). Avaliação da terapêutica multimodal no tratamento da dor ocular crônica secundária ao glaucoma. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Trevelin WR, Lauretti GR. Avaliação da terapêutica multimodal no tratamento da dor ocular crônica secundária ao glaucoma. 2006 ;
    • Vancouver

      Trevelin WR, Lauretti GR. Avaliação da terapêutica multimodal no tratamento da dor ocular crônica secundária ao glaucoma. 2006 ;