Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Análise da estrutura genética populacional do curimbatá (Prochilodus lineatus, Characiformes: Prochilodontidae) na região da bacia do Rio Grande, SP (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SILVA, RIVIANE GARCEZ DA - IB
  • USP Schools: IB
  • Sigla do Departamento: BIO
  • Subjects: CURIMATÁ; PESCA CONTINENTAL
  • Language: Português
  • Abstract: O curimbatá (Prochilodus lineatus) é uma espécie de importância comercial na pesca continental brasileira, especialmente na região da bacia do Rio Grande. Diversos estudos foram realizados com o curimbatá nesta região, incluindo os de delimitação populacional. Desde então, a região passou por alterações ambientais causadas pela construção de diversas barragens, impossibilitando migrações a montante, essenciais para a reprodução de P. lineatus. O presente estudo teve como objetivo verificar o impacto das barragens, sob o ponto de vista genético, na população de curimbatá da bacia do Rio Grande. Para tanto, foi utilizada a técnica de PCR-RFLP do fragmento entre os genes ND2 e CO1 e também da região controle, ambos do mtDNA, com 10 e 15 enzimas de restrição, respectivamente. Foram realizadas coletas em nove localidades entre barragens que não possuíam escadas para a migração de peixes. As localidades são: no Rio Grande - Cardoso, Colômbia, Conceição das Alagoas, Igarapava, Pedregulho e São João Batista do Glória; no Rio Mogi-Guaçu - Pirassununga e Espírito Santo do Pinhal; e no Rio Pardo - Jaborandi. Os resultados obtidos na análise do fragmento ND2-CO1 com três amostras, sendo uma de cada rio, não evidenciaram divergência significativa. Os índices de diversidade genética (haplotípica e nucleotídica) observados foram baixos, quando comparados com outras espécies de peixes. Estes resultados são condizentes com o esperado para seqüências conservadas, porisso, optou-se pela análise de uma região mais variável, como a região controle do mtDNA. Os resultados obtidos para a região controle (Fst, distribuição de Monte Carlo, teste exato e AMOVA) evidenciaram divergência significativa entre a amostra de Jaborandi e as demais, este fato pode ser devido a uma sub-estruturação populacional, ou a um erro de identificação da localidade de coleta. As outras amostras evidenciaram que, em geral, fazem parte de uma única população sob o ponto de vista genético. Não foi observada estruturação por distância, já que não houve correlação entre a distância genética e a distância geográfica. Os índices de diversidade (nucleotídica e haplotípica) são considerados de altos a moderados, sendo que os maiores foram obtidos para as amostras localizadas em trechos onde ainda há características naturais da bacia. A presença de poucos haplótipos amplamente distribuídos e internos na rede de haplótipos e de diversos haplótipos raros localizados perifericamente na rede, são um indício de expansão populacional recente. A expansão foi averiguada, também, com testes de neutralidade e gráficos de distribuição mismatch. O tempo de expansão foi calculado em 238 mil anos, que corresponde ao Pleistoceno Médio, época de grandes mudanças climáticas na América do Sul. Em conclusão, as alterações ambientais provocadas pelas barragens não geraram, a curto prazo, diferenças significativas entre as amostras estudadas, assim comoparecem não estar diminuindo a variabilidade genética do curimbatá, quando comparada com a de populações naturais de outros rios. A divergência obtida para Jaborandi deve ser melhor estudada, mas parece refletir ausência de fluxo anterior à construção das barragens. O objetivo pretendido é o de apresentar um parâmetro de comparação para estudos futuros, especialmente aqueles que enfoquem o monitoramento da variabilidade genética do curimbatá. Estudos de longo prazo devem ser realizados no intuito de auxiliar o manejo pesqueiro do curimbatá, inclusive em programas de repovoamento
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.10.2006
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IB12000023501M-1266
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Riviane Garcez; ALMEIDA-TOLEDO, Lurdes Foresti de. Análise da estrutura genética populacional do curimbatá (Prochilodus lineatus, Characiformes: Prochilodontidae) na região da bacia do Rio Grande, SP. 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41131/tde-19092007-160629/ >.
    • APA

      Silva, R. G., & Almeida-Toledo, L. F. de. (2006). Análise da estrutura genética populacional do curimbatá (Prochilodus lineatus, Characiformes: Prochilodontidae) na região da bacia do Rio Grande, SP. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41131/tde-19092007-160629/
    • NLM

      Silva RG, Almeida-Toledo LF de. Análise da estrutura genética populacional do curimbatá (Prochilodus lineatus, Characiformes: Prochilodontidae) na região da bacia do Rio Grande, SP [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41131/tde-19092007-160629/
    • Vancouver

      Silva RG, Almeida-Toledo LF de. Análise da estrutura genética populacional do curimbatá (Prochilodus lineatus, Characiformes: Prochilodontidae) na região da bacia do Rio Grande, SP [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41131/tde-19092007-160629/