Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Descrição morfológica e posição filogenética de um anuro novo (Lissamphibia, Tetrapoda) do cretáceo superior continental do Brasil (formação Adamantina, bacia Bauru) do município de Marília (SP) (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CARVALHO, ALBERTO BARBOSA DE - IB
  • USP Schools: IB
  • Sigla do Departamento: BIZ
  • Subjects: ANURA; FÓSSEIS; BACIA HIDROGRÁFICA
  • Language: Português
  • Abstract: O registro fossilífero de anuros mesozóicos é raro na maioria das bacias sedimentares do mundo. Na América do Sul, esses registros são ainda mais escassos, principalmente no Brasil. Das ocorrências deste grupo nas bacias sedimentares brasileiras, são conhecidos Arariphrynus placidoi Leal e Brito 2006, do Cretáceo Inferior da Bacia do Araripe, e Baurubatrachus pricei Báez e Peri, 1989, Cretáceo Superior da Bacia Bauru. A Bacia Bauru (sensu Fernandes & Coimbra, 1996) teve o início de sua deposição no Cretáceo Superior (Senoniano) e é composta por dois Grupos: Caiuá e Bauru. O clima durante a deposição destes sedimentos era quente e árido/semi-árido, sendo que na porção oriental, o aporte de canais fluviais e uma maior abundância de água, favorecia a presença de elementos da flora e fauna. Na região do Município de Marília, são encontrados sedimentos da Formação Adamantina, Grupo Bauru, Cretáceo Superior da Bacia Bauru. A descoberta de materiais de anuros fósseis nesta região tem demonstrado um potencial fossilífero muito grande em termos de vertebrados, com uma fauna peculiar, no contexto da Bacia Bauru. Neste trabalho os materiais de anuros encontrados nos arredores do Município de Marília são descritos. Para testar suas relações com os demais grupos de anuros atuais uma análise filogenética seguindo os princípios da metodologia cladística foi aplicada. Uma matriz de 45 táxons pertencentes a gêneros atuais de diferentes famílias de Anura e 86 caracteresosteológicos foi analisada, resultando em uma única árvore mais parcimoniosa de 582 passos, índice de consistência (CI) de 0,239, índice de retenção (RI) de 0,435. Como resultado da análise da matriz de caracteres os táxons atuais, embora bem definidos no cladograma, apresentam incongruências com as filogenias morfológicas e moleculares propostas até o momento. Isso ocorre provavelmente devido à falta de uma amostragem mais representativa dos grupos e de caracteres não osteológicos que sustentam alguns clados. Contudo, os conjuntos de caracteres levantados para cada um dos táxons estudados podem ser utilizados em análises comparativas e de identificação osteológica. No resultado da análise, o anuro fóssil aparece incluso em um clado composto essencialmente por "leptodactilídeos". Suas relações com os Eleutherodactylinae (Brachycephalidae sensu Frost et al., 2006) também é reforçada devido ao seu posicionamento próximo a representantes deste grupo. Dessa forma, o anuro fóssil de Marília representa hoje o espécime mais bem preservado entre os leptodactilídeos fósseis da América do Sul, sendo o primeiro fóssil de anuro cretáceo formalmente descrito para o estado de São Paulo e o registro mais antigo de anuro da Bacia Bauru (± 83 a 70 m.a.a.). A presença de um registro mais antigo de Leptodactylidae em sedimentos Cretáceos na América do Sul reforça a hipótese da origem deste grupo neste continente
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.11.2006
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IB12000023510D-1231
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARVALHO, Alberto Barbosa de; ZAHER, Hussam El-Dine. Descrição morfológica e posição filogenética de um anuro novo (Lissamphibia, Tetrapoda) do cretáceo superior continental do Brasil (formação Adamantina, bacia Bauru) do município de Marília (SP). 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-04092007-164439/ >.
    • APA

      Carvalho, A. B. de, & Zaher, H. E. -D. (2006). Descrição morfológica e posição filogenética de um anuro novo (Lissamphibia, Tetrapoda) do cretáceo superior continental do Brasil (formação Adamantina, bacia Bauru) do município de Marília (SP). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-04092007-164439/
    • NLM

      Carvalho AB de, Zaher HE-D. Descrição morfológica e posição filogenética de um anuro novo (Lissamphibia, Tetrapoda) do cretáceo superior continental do Brasil (formação Adamantina, bacia Bauru) do município de Marília (SP) [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-04092007-164439/
    • Vancouver

      Carvalho AB de, Zaher HE-D. Descrição morfológica e posição filogenética de um anuro novo (Lissamphibia, Tetrapoda) do cretáceo superior continental do Brasil (formação Adamantina, bacia Bauru) do município de Marília (SP) [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-04092007-164439/